Lenda da Fonte da Crica da Vaca

APL 3722

Esta fonte actualmente só corre desde o Outono até aos finais da Primavera. A água sai de uma abertura num colossal penedo a que, devido à sua forma, o povo chama Crica da Vaca. Segundo a tradição ali passou um cavaleiro, numa manhã de S. João, e tendo sede se baixou para beber, mas, quando o fazia, notando que qualquer coisa lhe entrava pela boca, parou de beber e viu que da fonte saía um grande colar de ouro. Então, muito contente, mas também assustado por pensar que podia ser coisa do diabo, benzeu-se e disse:
    — Deus me ajude.
    Nesse momento ouviu uma voz triste e distante dizendo-lhe:
    — Ah, meu bom cavaleiro, que me desgraçaste, pois acabas de me dobrar o meu encanto!
    E assim, diz o povo que ali continua uma bela moura encantada à espera de quem lhe parta o encanto.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.344

Ano1995

Place of collection Freixiel, VILA FLOR, BRAGANÇA

ColectorCristiano Morais (M)

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications