Lenda da moura a cantar

APL 3530

A Sr.ª Delfina da Rua disse que a sua amiga Isabel Roseira, que já morreu há muitos anos, ia um dia com as ovelhas e, no sítio da Pedreira, junto do monte do castro de Nogueira [em Bobadela, concelho de Boticas], viu uma moura, toda vestida de branco, a cantar em cima dum penedo. Cantava tão bem e tão lindamente que era um encanto ouvi-la.
    Quando a Isabel se aproximou, para a ver mais de perto e melhor a ouvir cantar, a moura deixou de cantar e desapareceu.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.207-208

Ano1986

Place of collection Bobadela, BOTICAS, VILA REAL

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications