Lenda da nossa senhora da boa-fé desde o seu nascimento

APL 163

Havia um lavrador abastado que dizia sempre se a mulher tivesse gémeos, não eram dele e por conseguinte os mandaria matar. E como era cheio de crueldade, se bem o dizia, melhor o fazia, pois a mulher ao dar à luz teve 7 lindas meninas. Ao tê-las disse à ama: “Se o meu marido as mandar matar, leva-as e entrega-as a seis senhoras em segredo, dá-lhes dinheiro e pede-lhes que as criem, sem nada lhes dizer”.
 O homem assim que soube disse à ama: “Leva as crianças e deita-as ao rio abaixo, para que morram; põe-nas numa alcofa com roupa suja por cima, para que ninguém dê por isso”.
 A boa mulher disse que sim e lá foi, mas fez o que a sua patroa lhe disse. A mãe ia-as vendo regularmente e sempre lhes comprava roupas, comer e tudo o que era preciso.
 Chegou a altura do sétimo aniversário das meninas. Eram lindas e iguaizinhas umas às outras.
 Fez-se uma grande festa e convidou-se toda a vizinhança e arredores.
A mãe mandou fazer roupas iguais às 7 meninas. Pôs 7 talheres na mesa e 7 cadeiras, não deixando lá sentar ninguém.
 Quando as filhas chegaram mandou sentar a que tinha com ela, no meio das outras seis e perguntou ao marido: “Querido, diz-me lá: qual destas sete meninas é a nossa filha?” Ele olhou-as incrédulo, mas mesmo assim disse: “Ora, ora, então não hei-de conhecer a minha filha?!” E apontou para a primeira. “É esta!” A mulher, olhando-o sorria e triste disse: “Não, não é só essa, lembras-te das outras seis que mandaste deitar ao rio? Pois são estas todas as nossas filhas, pai cruel!”
 Ele, então chorando, abraçou e beijou todas as filhas e pediu perdão. As filhas ficaram em casa dos pais até morrerem.
 Diz a lenda que morreram todas no mesmo dia e que ao desenterrá-las, ao fim de sete anos, como era habitual, elas estavam intactas.
 Voltaram a enterrá-las e sempre que as iam tirar continuavam na mesma, Por isso foram proclamadas santas e começaram os pedidos e os milagres.
 Então foram feitas imagens dessas santas onde uma delas é a Senhora da Boa-Fé, a outra a Senhora da Guia, a outra a Senhora da Conceição, a outra a Senhora da Visitação, a outra a Senhora dos Aflitos, a outra Senhora da Esperança e a outra Senhora do Livramento.
 Todas elas escolheram o sítio onde queriam a igreja feita, pois queriam avistar-se umas às outras.
 Por isso todas elas estão em altos e Nossa Senhora da Boa-Fé escolheu o sítio onde está.

Fonte Biblio AA. VV., - Lendas e Tradições Évora, EBM's de Guadalupe, S. Sebastião da Giesteira e Valverde, 1999 , p.16-17

Place of collection São Sebastião Da Giesteira, ÉVORA, ÉVORA

InformanteJosefa Maria Farinha de Oliveira (F), 51 y.o., São Sebastião Da Giesteira (ÉVORA) ÉVORA,

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications