Lenda da Procissão de S. Marcos

APL 308

Conta a lenda que havia uma procissão a S. Marcos que vinha do Vimeiro até Toledo, e voltava novamente ao Vimeiro.
 Num ano de seca, quando a procissão vinha para Toledo, as pessoas desesperadas por não chover rezavam a S. Marcos para que este mandasse a bendita chuva. Vai daí que fizeram a promessa de que se o Santo não mandasse chuva, era atirado para a ribeira de Toledo.
 Depois de rezada a missa em Toledo, quando regressavam ao Vimeiro, chovia torrencialmente fazendo com que as pessoas não pudessem seguir viagem.
 O Santo acabou por ficar em Toledo, onde se encontra até hoje na capela, lembrando a todos que vejam a sua lenda de água.
 Esta lenda deu origem a uma tradição, já que esta procissão se fazia todos os anos em honra de S. Marcos.

Fonte Biblio MORGADO, Isabel Viagens ao Imaginário Torres Vedras, Centro de Formação das Escolas de Torres Vedras, 1999 , p.32

Place of collection Vimeiro, LOURINHÃ, LISBOA

InformanteHorácio Santos (M), 46 y.o.,

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications