Lenda de Moncarapacho

APL 133

Segundo a voz antiga, quem por mar aqui chegasse, porque o rumo desfizesse, mais avante não iria pois a norte encontrava, com a forma de um topásium, o monte Carpasium. Sítio de chegadas e partidas, forasteiros e velhos ali se encontravam. Mas com o desejo da região dominar instalaram-se os islamitas com a sua fama de intrépidos e inigualáveis heróis que com as suas mulheres e amantes a todos metiam medo e inveja. Aos pés do cerro assentou-se, então, o mais terrível arraial árabe e pelo refém, coitado, que por ali ficasse preso rezava todo o povo cristão com fervor. Por ali já nem a cotovia lançava pio, nem as fontes se atreviam a fazer barulhos, e até os rios os curvos cursos trocaram. Os astros ali morriam, as estrelas não luziam e a tudo a gente moura mudou o nome. E assim, o Monte Escarpásio passou a Monte Escarpeicho.
Da cor, graça e saúde, o homem mouro não cessava de maltratar até que a gente armada de Bias apareceu e o Montecarapeicho surpreendeu.
 O mouro bruto viu, opôs-se-lhe e resistiu, mas sóis, luares e auroras do lado de os portugueses se puseram e por eles se levantaram. Mulher sublime as feridas do árabe lavava com seu choro e água de pura fonte e à dor aplicava o soro dos seus lábios, fronte a fronte. Era assim que o mouro morria e o cristão os via.
 Mas a estes dez dias e dez noites sucederam-se tempos de gloriosa paz, pelo que el-rei mudou o nome das coisas para afastar possíveis lembranças. E tanto, tanto mudou que nem o nome da terra escapou, passando a chamar-se Montecarapeicho. E como o tempo arrasta consigo a mudança, foi alterando-se o nome para Montecarapacho até chegar a Moncarapacho. A mourinha, virgem era até que nosso el-rei para si a requestou como oferenda. No seu orgulho ferido, Allah não ficou esquecido, pois do corpo da jovem logo fez estalagmites, que ainda hoje existem no Cerro da Cabeça.

Fonte Biblio AA. VV., - Lendas e Gastronomia Olhanenses Olhão, Ensino Recorrente e Educação Extra-Escolar / Coord. Concelhia de Olhão, 2002 , p.12

Place of collection Moncarapacho, OLHÃO, FARO

Narrativa

When XXI Century,

CrençaSome Scepticism

Classifications