Lenda de s. pedro

APL 357

Diz a lenda que, em tempos muito antigos, Sul era uma das terras mais importantes da região e as pessoas que lá viviam tinham fama de fazer o linho a preceito. Nesses tempos era uso pôr o linho no rio, que também se chama Sul, aos molhos, para amolecer e depois era estendido a secar.
 Dizem os antigos que, nessa altura, as pessoas da terra pediam ao S. Pedro para não mandar trovoadas, nem enxurradas, para que o linho não fosse pelo rio abaixo. Só que o Santo fez orelhas moucas, a chuva veio, o rio encheu e lá se foi o linho que tinha dado tanto trabalho a cultivar e a tratar.
 Então as pessoas, todas zangadas, foram à igreja, pegaram na imagem do Santo e atiraram com ela ao rio.
 À entrada da vila, que agora se chama S. Pedro do Sul, no sítio onde o rio Sul entra pelo Vouga dentro, estavam uns pescadores que ao verem a imagem, chamaram mais gente para vir ver o que seria aquilo. As pessoas reconheceram que Santo era e disseram:
 -É o S. Pedro do Sul!
 E assim decidiram que se passaria a chamar esta terra: S. Pedro do Sul.

Fonte Biblio PINHO, Isabel Contos e Lendas da Serra Nostra S. Pedro do Sul, Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, 1998 , p.16

Place of collection São Pedro Do Sul, SÃO PEDRO DO SUL, VISEU

InformanteConceição Gomes (F),

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications