Lenda do Coentral

APL 92

Segundo uma versão muito antiga, a imagem de N. S.a de Nazaré que se venera no Coentral apareceu um dia — há muitos anos — em plena Serra da Lousã, no local denominado: Pedra do Altar, a Vale dos Lobos, não muito longe da sede da freguesia.
 Encontrada ali, talvez por pastores, e conhecido o facto na redondeza, fora então levada para a Lousã, no desejo de a colocarem na respectiva Igreja para veneração dos habitantes daquela terra.
 Porém, pouco depois de a terem instalado num altar do seu tempo, os lousanenses verificaram estupefactos, que a imagem havia desaparecido.
 Diligenciando na procura, vieram encontrá-la no mesmo local de onde a haviam conduzido.
 Levaram-na de novo para a sua Igreja e novamente a veneranda imagem desaparecia para surgir na Pedra do Altar, onde pela primeira vez fora vista. Repetira-se várias vezes esta tentativa até que, sem esperança de melhor êxito, acabaram os naturais daquela terra por desistir de conseguir para a sua Igreja a sacrossanta imagem.
 O povo do Coentral trouxe-a então para a colocar no altar-mor da sua Igreja. Desde essa data a Imagem de Nossa Senhora da Nazaré ficaria definitivamente no Coentral, onde, aliás, segundo reza ainda a tradição, a Virgem Senhora demonstra desejo de permanecer.

Fonte Biblio BARRETO, Kalidás Monografia do Concelho de Castanheira de Pera Castanheira de Pera, Câmara Municipal de C. Pera, 2001 , p.249

Place of collection Coentral, CASTANHEIRA DE PÊRA, LEIRIA

ColectorKalidás Barreto (M)

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaSome Belief

Classifications