Lenda do fantasma que pede boleia

APL 2651

Ouvi, por uns amigos meus de Faro que numa estrada, ao pé de uma discoteca, uma estrada assim mais escura onde não há luzes, eles iam a passar de carro, 2 rapazes e uma rapariga, e que no meio da estrada estava uma rapariga vestida de branco que lhes pediu boleia. Eles como acharam  que a rapariga não lhes iria fazer mal, ver uma rapariga sozinha no meio de uma estrada escura é obvio que iam dar boleia á rapariga, então pararam o carro, ela entrou e passado um pouco de eles andarem, ela apontou para a frente e disse: “-Foi ali que eu morri”, entretanto eles olham e ela já tinha desaparecido. Por conseguinte, tiveram um acidente logo após isso, donde só sobreviveu um dos rapazes.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano209

Place of collection-, FARO, FARO

ColectorNuno Jesus (M)

InformanteTânia Filipa Sares (F), 17 y.o., born at Vila Nova De Cacela (VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications