Lenda do Monte Trigo

APL 2303

Também sei uma lenda, uma lenda que se conta por aqui. Não é daquelas... que eu também muitas, mas isso é... as lendas dos livros não contam (que é a das Amendoeiras, isso não...). Mas é uma lenda dum sítio dali ao pé da minha sogra, que é o Monte Trigo. E diziam as pessoas antigas que era um homem que há muitos anos, muitos anos, tinha muito trigo, tinha um grande monte de trigo para a eira. E foi um pobre pedir-lhe esmola e ele não deu nada, era muito sovina. E o pobre disse: “Ainda hás-de saber o que é ser pobre, ainda hás-de ficar sem nada.”
E então contam as pessoas que nessa noite houve um grande vendaval, uma tempestade muito grande, um remoinho muito forte. Na manhã seguinte, em vez do monte de trigo, só tinha palha. E então ficou... era ali o Monte Trigo.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2007

Place of collection São Brás De Alportel, SÃO BRÁS DE ALPORTEL, FARO

ColectorVasco Guerreiro (M)

InformanteRosália (F), 55 y.o., São Brás De Alportel (SÃO BRÁS DE ALPORTEL) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications