Lenda do Poço de Panóias

APL 3744

Nas fragas de Panóias, situadas próximo de Vila Real, há um buraco que conduz a um poço muito fundo e que tem gerado muito medo nos habitantes daquele lugar, que é também conhecido como Laijinhas. Dizem eles que algo de terrível se passa lá por baixo, e que se alguém cair naquele poço já não sai vivo. Os antigos costumavam dizer também que aquela era uma das entradas para o Inferno e que ali mora o Diabo que à noite sai de lá “aos guinchos”.
    Este poço, ainda segundo a voz do povo, vai dar a uma mina que acaba num lugar chamado Fonte do Poço onde está uma moura encantada.
    Conta-se que, numa ocasião, um homem das Laijinhas, quando andava a ensinar um cão para a caça, atirou com uma pele de coelho bravo para o tal buraco das fragas de Panóias. E o cão, como era obediente, foi logo atrás da pele, mas já lá não regressou. Dizem que durante oito dias e oito noites ninguém deu fé dele, até que foi aparecer na aldeia de S. Cibrão, a três quilómetros daquelas fragas, todo queimadinho. E de seguida morreu.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.360-361

Ano2000

Place of collection Vale De Nogueiras, VILA REAL, VILA REAL

InformanteMaria Elisabete Lopes (F), 45 y.o.,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications

MotivosTh [F721.1.] Underground passages. ---- Journey made through natural