Lenda dos Rios Alcôa e Baça

APL 3184

Há muito, muito tempo atrás existiu um par de namorados nesta região que se amavam muito, mas, eram ambos muito pobres, estavam noivos e iam casar, nada os poderia separar.
    Mas, o rapaz tinha um defeito, era muito ganancioso e queria ser muito rico. Pela região passou um homem que procurando pessoas para trabalhar, aliciou o rapaz dizendo que só ele deixando aquele sítio o rapaz poderia ser muito rico. O rapaz como era muito ganancioso abandonou a noiva e a sua terra partindo em busca de mais dinheiro.
    A rapariga sentindo-se abandonada teve um tão grande desgosto que chorou, chorou tanto que as suas lágrimas acabaram por formar um rio.
    Tempos mais tarde o rapaz arrependido voltou à região e a chorar pediu que a rapariga o aceitasse de novo. A rapariga, como o amava muito, aceitou. E assim, conta a lenda que das lágrimas derramadas pelos dois jovens nasceram os dois rios que com os seus nomes foram baptizados. Ela chamava-se Alcôa e ele chamava-se Baça.

Fonte Biblio S/A, . Algumas Lendas da Região de Alcobaça (Dossier de Informação Turística) Alcobaça, Câmara Municipal de Alcobaça, 2000 , p.1-2

Place of collection Alcobaça, ALCOBAÇA, LEIRIA

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications