Loulé

APL 3268

Segundo a lenda, vivia em Loulé um mouro, muito aferrado á religião de Mafoma. Era escravo de um cavalleiro d’esta villa, ao qual tinha desapparecido um cavallo, havia muitos dias.
    O senhor criminava o escravo, ameaçando-o com crueis castigos se o não encontrasse. O mouro, depois de fazer as maiores diligencias inutilmente, lembrou-se de recorrer ao patrocinio da Senhora, e dirigindo-se á capella [da ermida de Nossa Senhora da Piedade] logo encontrou o cavallo no caminho. Reputando isto como milagre, se converteu ao christianismo, querendo ser baptisado com o nome de Antonio da Piedade.

Fonte Biblio PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de Portugal Antigo e Moderno Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , p.Tomo IV, p. 448

Place of collection-, LOULÉ, FARO

Narrativa

When

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications