“Mourinhos encantados”

APL 1762

Os “mourinhos encantados” são-nos descritos como figuras encantadas de crianças, todas vestidas de vermelho, que apareciam ao caminhante desprevenido. Encontrando uma criança perdida ou abandonada na volta de um caminho, sobre um muro ou junto de um tronco de velha árvore, ninguém saberia resistir ao generoso impulso de tomá-la ao colo para a levar consigo. Coisa estranha era o facto de o menino cada vez se tornar mais pesado. Era quando se apercebiam do logro, arremessando o fardo para longe. O ser misterioso desaparecia então, soltando um berro, no meio de densa fumarada.
Só em Moncarapacho falam nos “mourinhos encantados”. Nas demais freguesias do concelho esta aparição tem o seu paralelo no “menino de olhos grandes” que é, dizem, o próprio Diabo.
Por isso, ao avistá-lo é necessário exclamar “Aleluia!” para o fazer desaparecer.

Fonte Biblio MACARA, Maria Corália Carrajola O falar dos lavradores e pescadores do concelho de Olhão. n/a, n/a, , p.251-252

Place of collection Moncarapacho, OLHÃO, FARO

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications