Nossa Senhora de Espinheiro

APL 3499

Numa sarça, ou num espinheiro, que é o mesmo, apareceu Nossa Senhora a uma boa pastorinha, regalando-a da sua sede.
    É assim que reza a história do nome da aldeia de Espinheiro:
    Segundo a lenda, na freguesia do lugar da Abrã, situada na estrada que vai de Santarém para Porto de Mós, Leiria, e mais vilas dos coutos de Alcobaça, existe um lugar está chamado Espinheiro, que fica junto a umas montanhas de charnecas. Entre das se vê uma, que é mais fragosa, seca e estéril que as outras.
    Nessa zona guardava uma pastorinha um rebanho de gado de seu pai, que não seria muito, pois são terras pobres.
    Devia ser tempo de calor, pois a pastora padecia de grande sede, e não achava modo de encontrar água. Assim, recorreu à Maria Santíssima, para que ela lhe desse água para saciar a sede que a atormentava.
    Não faltou Mana Santissima a quem implorava o seu favor, porque, ouvindo a petição da pastormha, lhe apareceu no baixo da terra, entre muitas oliveiras e ao pe de um formoso espinheiro, junto do qual rebentou logo uma formosa fonte de excelente água, com que a pastorinha remediou a sua necessidade, e com toda a humildade deu graças à Senhora pelo favor que lhe fizera.
    No lugar daquela fonte, foi construída uma capela com a figura de Nossa Senhora, e a capela revestida a azulejo.
    Entende-se que o nome deste lugar tenha surgido a partir desta lenda, tendo tomado o nome de Espinheiro, por encostado a ele ter estado Nossa Senhora.

Fonte Biblio FRAZÃO, Fernanda Passinhos de Nossa Senhora - Lendário Mariano Lisboa, Apenas Livros, 2006 , p.72

Place of collection Espinheiro, ALCANENA, SANTARÉM

Narrativa

When

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications