O bezerro de ouro de Lebução

APL 3718

Os mais velhos de Lebução, concelho de Valpaços, acreditam que num penedo que ali existe, e que é conhecido como a “pedra do boné” por ser redondo como um boné, está escondido um valioso tesouro, que é mais nada menos que um bezerro em ouro. E este tesouro só poderá ser encontrado através de umas rezas que estão no livro de S. Cipriano e que têm de ser ditas em latim.
    Conta-se que um dia houve uns homens valentes que convenceram um determinado padre, pois era o único que sabia latim, a ir lá com eles e a levar a caldeirinha da água benta. Ao chegarem junto da fraga, puseram-se então com as rezas e a repetirem em voz alta as palavras que o padre ia tirando do livro de S. Cipriano.
    Estiveram nisto um ror de tempo, e nada. Por fim, o padre meteu a mão na caldeirinha e lançou uma chapada de água benta sobre a fraga. E aí sim. A fraga começou a tremer, a terra a tremer também, e eles, de tão aflitos que ficaram, desataram a fugir dali para fora e já não quiseram mais saber do tesouro. Por isso ainda hoje lá está.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.342

Ano1999

Place of collection Lebução, VALPAÇOS, VILA REAL

InformanteMaria da Graça Gomes (F), 54 y.o.,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications