O cabrito

APL 1167

Um dia um homem que vivia numa quinta veio ao Ladoeiro, ao baile. Quando ia para casa já de noite, encontrou um cabrito pelo caminho, ficou todo contente e meteu-o às costas. O homem ia todo feliz porque tinha encontrado um cabrito para matar e comer.
 Mas quando ia a chegar a casa o cabrito bate os dentes, as patas e foge. Diz o povo que era o demónio que o homem levava às costas. 

 

Fonte Biblio MOURA, José Carlos Duarte Histórias e Superstições na Beira Baixa Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , p.20

Place of collection Ladoeiro, IDANHA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications