[O Casal de Mouros Encantados]

APL 3778

Há no sítio do Vale, no moinho da mesma designação, um casal de mouros encantados. Os meus avós não sabiam qual fora o motivo desse encantamento, e limitava-se a afirmar que os encantados são riquíssimos, mas de difícil desencanto.
    — Porquê?
    — Porque para o seu desencanto é mister que haja uma jovem que, tendo comido pão amassado em água tirada da fonte em noite de S João, a ela oferecido por duas pessoas do sexo feminino e por um cavalheiro virgem, vá ao sítio desencantá-los; ora cavalheiros virgens só conheço os padres, e estes... não acreditam em encantamentos.
    — E esses mouros têm sido vistos?
    — A moura, não há muito tempo, apareceu à filha do sr. José das Almas, e fê-la cair do jumento em que montava.
    — Como a fez cair?
    — Caminhava a rapariga no seu jumento, apareceu-lhe a moura, que prontamente enleou as pernas do animal na cauda dos seus vestidos.

Fonte Biblio OLIVEIRA, Francisco Xavier d'Ataíde As Mouras Encantadas e os Encantamentos do Algarve Loulé, Notícias de Loulé, 1996 [1898] , p.77

InformanteMaria do Carmo (F),

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaSome Belief

Classifications