O chibato da feiteira

APL 549

Diz-se que um dia à meia-noite um homem descia no caminho da Feiteira (Alcains) e ouviu uns berros de um cabrito. Apanhou o animal, pô-lo ao pescoço e levou-o para casa. Consoante ia descendo, o animal parecia crescer e ficou mais pesado e tornou-se tão pesado que lhe parecia um monstro. Não podendo com o animal atirou-o para um silvado. O animal disse-lhe então: “Olha para os meus dentes e vê se não são como os do teu pai”.

Fonte Biblio MOURA, José Carlos Duarte Contos, Mitos e Lendas da Beira Coimbra, A Mar Arte, 1996 , p.10

Place of collection Alcains, CASTELO BRANCO, CASTELO BRANCO

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications