O deixome da bruxa

APL 1000

Conta-se que antigamente as bruxas, quando estivessem prestes a morrer, tinham que deixar o seu poder a alguém. Aconteceu que uma bruxa de nome Zulmira estava para morrer e andava muito aflita. Queria morrer descansada, mas ninguém se atrevia a visitá-la, o que significava que não podia morrer enquanto não deixasse o seu poder a alguém.
 Um dia uma mulher bem disposta ouviu a bruxa dizer:
 − Deixo! Deixo! Deixo!
 E deu-lhe uma vassoira para a mão dizendo:
 − Deixa a essa vassoira!
 A bruxa, como não tinha ninguém a quem deixar o seu poder, decidiu deixá-lo à vassoura. Imediatamente, a vassoura saiu com uma grande velocidade da casa para fora à procura de uma nova dona.

Fonte Biblio AA. VV., - Literatura Portuguesa de Tradição Oral s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , p.B15

Ano2002

Place of collection Fradelos, BRAGA, BRAGA

ColectorLiliana Dias Pinto Serra (F)

InformanteErmelinda Barbosa (F), 73 y.o., Fradelos (BRAGA) BRAGA,

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaSome Belief

Classifications