O homem ateu

APL 976

Conta-se que um homem ateu dizia todos os dias da sua vida que, quando morresse, queria ser lançado aos lobos. Quando faleceu, foi enterrado no cemitério e todos os dias a campa aparecia aberta. A população fechava-a e no dia seguinte a história repetia-se.
Intrigados, alguns homens decidiram esconder-se para ver o que se passava. E qual não foi o seu espanto quando viram um lobisomem saltar um muro, abrir a campa e comer parte dos restos mortais do homem ateu. Só terminou a história no dia em que o bicho comeu completamente o corpo.

Fonte Biblio AA. VV., - Literatura Portuguesa de Tradição Oral s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , p.CF8

Ano2000

Place of collection Vilarelho Da Raia, CHAVES, VILA REAL

ColectorSuzana Guerra Campos (F)

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications