O lobisomem

APL 2488

À meia noite ouvia-se um galopar dum cavalo e que esse cavalo tomava balanço e saltava por cima do castanheiro e conforme batia com os pés no chão quando caía no outro lado até saltava faíscas nas pedras onde ele caía […] e então diz que havia um casal de lavradores que vinham da horta. Tinham um bebé de meses e a senhora trazia uma envolta em flanela para embrulhar a criança e ela trazia-a ao colo e as pontas da envolta caiam assim para o “ar” e o marido disse-lhe:
    -Olha esperas aqui um bocadinho que eu já venho.
    E ela pensou que como vinham a sair da quinta que se esquecesse de alguma coisa e então ela ficou à espera até ao anoitecer. Viu passar um cavalo a correr, a correr, a correr, passa por ela na carroça, deitou os dentes na envolta da criança e levou um bocado da envolta onde o bebé estava embrulhado e passado um pouco chegou ele (marido), teve em cima da carroça, teve a perguntar porque demorou tanto e ele lá deu uma desculpa.
    No outro dia de manhã levantaram-se, tomaram o pequeno almoço e ela reparou que nos dentes dele, nos dentes da frente, havia filotes de flanela vermelha que faltava da menina […]
    (Para ele deixar de fazer isso) Era preciso quando estivesse a esponjar no chão feri-lo, fazer sangue mas tinha de ser àquela hora, à meia noite e […] quando ele estava nisso que o picaram todo, até porque depois passado algum tempo eles fizeram isso e apareceu em casa com o corpo todo marcado. E a partir daí nunca mais lhe deu nada”.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2007

Place of collection Belmonte, BELMONTE, CASTELO BRANCO

ColectorBruna Paiva (F)

InformanteMaria da Luz Carvalho (F), 65 y.o., born at Belmonte (BELMONTE) CASTELO BRANCO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications

TypesChristiansen 4005 The Werewolf Husband