[O menino dos olhos grandes]

APL 2585

Era um menino que aparecia nas noites escuras, de temporal, aos pescadores que não iam para o mar, ou que não podiam ir para o mar. Aparecia em sítios reconvindos e ermos e que pedia…chorava, dizendo que estava perdido, tentando indicar onde era a sua casa. Pedia para o levarem que estava muito cansado. Os pescadores pegavam-lhe... O pescador que o tivesse visto pegava nele ao colo, e cada vez que dava um passo, e à medida que ia andando, o menino tornava-se cada vez mais pesado. Quando o cansaço era muito e o peso era insuportável, largavam-no, e desaparecia de imediato ou rebentava, isto é, explodia. Era também uma história de terror e assombro que era contada.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2005

Place of collection Olhão, OLHÃO, FARO

ColectorSara Cabrita (F)

InformanteAntónio Henriques (M), 52 y.o., born at Olhão (OLHÃO) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications