[O Vale da Moura]

APL 3547

Há no termo desta povoação [Pinela, concelho de Bragança] um cabeço que apresenta restos de fortificações, compostos de muros, fossos, etc. Chama-lhe Castelo de Avelina (...) Encerra grandes tesouros guardados por uma moura encantada.
(...) O povo tem má fé com as trovoadas vindas do Vale da Moura, sítio perto do Castelo de Avelina, porque — diz ele — são pavorosas em granizo e pedra destruidora das searas. Deste castelo partia uma galeria subterrânea por onde os mouros iam levar os cavalos a beber a um regato distante. Também lhe aplicam a lenda do tributo das donzelas.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.216

Ano1934

Place of collection Pinela, BRAGANÇA, BRAGANÇA

ColectorFrancisco Alves (M)

Narrativa

When

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications