O Zé-da-moura

APL 3603

Conta-se que os mouros que viviam no Monte de Morais, quando foram expulsos destas terras, uns iam doentes, outros feridos, e muitos não aguentaram a fuga. Entre eles estava uma jovem moura, que, de tão cansada, acabou por esconder-se numas fragas e lá ficou.
    Mais tarde, andava por ali um caçador, que a encontrou. Ao vê-la cheia de medo, apiedou-se dela e levou-a para sua aldeia, recolhendo-a em sua casa. E como era rapaz solteiro, resolveu casar com ela, mesmo enfrentando o falatório dos seus vizinhos, que andavam sempre a dizer:
    — O Zé casou com uma moura! O Zé casou com uma moura!
    Ficou por isso conhecido por “Zé-da-moura”. Depois tiveram muitos filhos e dizem que foi assim que nasceu a família dos Mouras, um apelido muito conhecido na região e que perdura há muitas gerações.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.259

Ano2001

Place of collection Morais, MACEDO DE CAVALEIROS, BRAGANÇA

InformanteAlzira da Veiga (F), 67 y.o.,

Narrativa

When XII Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications