Os meninos curiosos

APL 1011

Havia uma quinta no alto de um monte onde se constava que aparecia um gigante a partir da meia-noite.
Certo dia, um menino curioso resolveu ir lá depois da meia-noite para ver se era verdade. Mal entrou na quinta, ouviu um barulho estranho e começou uma enorme ventania, em que as árvores batiam com os ramos no chão.
O menino, assustado, começou a andar lentamente para trás. De repente, viu um homem enorme e ouviu uns assobios muito fortes que se escutavam na aldeia inteira. O menino, cheio de medo, correu até casa sem sequer olhar para trás. No dia seguinte, quando chegou à escola, contou a sua aventura aos colegas.
Estes, curiosos, combinaram ir lá com ele na noite seguinte para ver se o gigante voltava a aparecer.
Quando já passava da meia-noite, os meninos entraram na quinta e dirigiram-se ao sítio onde tinha aparecido o gigante. Ainda não tinham chegado ao local, quando começaram a ouvir barulhos e gemidos vindos de uma casa que pertencia à quinta.
Os meninos ficaram muito assustados, mas ao mesmo tempo curiosos. Resolveram então entrar na casa para ver o que se passava. Dirigiram-se até à porta, mas quando a abriram, não viram nada de estranho lá dentro.
Ao sair, sentiram um barulho esquisito e uma enorme ventania lá fora. O gigante, com um enorme machado na mão, estava à espera deles. Os meninos, pensando que este os ia matar, fugiram a sete pés e só pararam em casa. Ficaram tão assustados que nunca mais se atreveram a ir àquela quinta.

Fonte Biblio AA. VV., - Literatura Portuguesa de Tradição Oral s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , p.HD16

Ano2002

Place of collection Moreira Do Lima, PONTE DE LIMA, VIANA DO CASTELO

ColectorSandra Marisa Portela Coutinho (F)

InformanteConceição Lopes (F), 60 y.o., Moreira Do Lima (PONTE DE LIMA) VIANA DO CASTELO,

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications