Pedras salgadas

APL 918

No mesmo Concelho de Vila Pouca de Aguiar, junto à estrada que dá para Chaves, há uma estância termal, muito conhecida pelas suas águas minerais, que se chama Pedras Salgadas.
 Este nome parece bastante estranho, visto não haver lá nada que o possa justificar.
 Como é que surgiu então?
 A resposta a esta pergunta dá-no-la a lenda que se segue.
 Existiram, em tempos muito recuados, naquela terra, cujo nome primitivo caiu no esquecimento, três irmãs solteironas, que eram conhecidas simplesmente por As Salgadas.
 Quando a mais velha faleceu, foi sepultada no cemitério local.
 Mais tarde, morreu a do meio e foi enterrada na mesma campa da mais velha.
 Por fim, expirou a mais nova que foi também depositada na mesma sepultura, junto das irmãs.
 Passados alguns anos, como o cemitério estava já saturado, houve necessidade de utilizar aquela campa, para sepultar outro cadáver.
 Mas, quando o coveiro estava a reabrir a cova, apanhou um grande susto, pois descobriu nada menos que seis pés, bem juntinhos, lá no fundo, que tinham resistido à decomposição.
 Intrigado com aquele achado estranho, suspendeu o trabalho e foi comunicar o caso à junta de freguesia.
 O acontecimento insólito alvoroçou os moradores da povoação que acorreram ao cemitério, para verem com os seus próprios olhos, pois nem queriam acreditar no que ouviam dizer.
 Mas não havia dúvidas: lá estavam os seis pés, unidos e intactos como se tivessem sido colocados à mão, naquela mesma hora.
 E, como ninguém mais ali tinha sido enterrado senão as três irmãs, logicamente só podiam ser os pés das Salgadas.
 A surpreendente novidade espalhou-se rapidamente por toda a região e as pessoas começaram a chamar àquela povoação a aldeia dos pés das Salgadas.
 O nome pegou e, daí em diante, já ninguém a nomeava senão por Pés das Salgadas.
 Depois, foi só tirar o “s” dos pés e acrescentar um “r” depois do “d”, coisa que o povo sabe fazer, como mestre que é da língua, e pronto: surgiu o topónimo actual da estância das famosas águas minerais, Pedras Salgadas.

Fonte Biblio FERREIRA, Joaquim Alves Lendas e Contos Infantis Vila Real, Edição do Autor, 1999 , p.78-79

Place of collection-, VILA POUCA DE AGUIAR, VILA REAL

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications