Quintan e Tocha (ou Atocha)

APL 3411

A imagem de Nossa Senhora da Atocha, é copia fiel da que o apostolo S. Pedro mandou de Antiochia para Madrid, e está na egreja do mosteiro de S. Domingos da mesma capital.
    Um fidalgo gallego, chamado João Garcia Bacellar, natural de Ponte-Vedra, residia na côrte de Hespanha, em casa de um seu tio conego, pelos annos de 1585. Era muito devoto da Senhora da Atocha, de Madrid, e, vendo-se certo dia em perigo imminente, prometteu á mesma Senhora, se o livrasse d’elle, de lhe mandar construir um templo, em logar êrmo. A senhora ouviu os seus rogos; mas, como João Garcia tinha então apenas dez annos, adiou o cumprimento do seu voto.
    Morto o tio conego, foi Garcia para casa de um outro seu tio, homem riquissimo, que vivia em Portugal, na villa de Buarcos, casado, mas sem filhos. Tinha a mulher uma sobrinha, chamada Maria da Silveira Cardoso, que casou com Garcia, doando lhes os tios todos os seus haveres.
    Pelos annos de 1610, vindo os noivos de Aveiro para Buarcos, passaram por uma dilatada planicie de campos e charnecas, chamadas então Gandaras, onde havia uma quinta dos cruzios, de Coimbra, denominada da Fonte Quente (em razão de haver n’ella uma nascente de aguas mineraes, tepidas) e junto á quinta, a casa de um lavrador, que foi o primeiro que reduziu parte d’esta planicie á cultura, por aforamento ao mosteiro de Santa Cruz, que era senhor d’estes terrenos, e onde hoje se estende a freguezia da Tocha.
    João Garcia Bacellar, na intenção de cumprir a sua promessa, propoz ao lavrador o dar-lhe um casal que tinha na Cadima, de muito mais valor, por esta propriedade das Gandaras, o que o lavrador acceitou, depois de obtida a devida licença, dos conegos de Santa Cruz; aos quaes João Garcia aforou mais terrenos contiguos.
    Fez logo aqui uma ermida, dedicada a Nossa Senhora d’Atocha, mandando fazer, em Madrid, a imagem, imitando a de lá.
    Principiaram logo os povos d’estas redondezas a ter uma grande devoção a esta Senhora, pelo que era a sua ermida concorridissima.

Fonte Biblio PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de Portugal Antigo e Moderno Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , p.Tomo VIII, p. 30

Place of collection Tocha, CANTANHEDE, COIMBRA

Narrativa

When XVII Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications