S. Domingos “água abaixo”

APL 787

Conta-se que S. Domingos andava com uma cabrada quando já era de noite, nos montes que ficam à volta de Castanheiro do Sul e da Desejosa. E que um homem do Castanheiro o viu a andar a recolher os animais debaixo das árvores. Recolheu-os a todos, e depois de estarem recolhidos, começou a chover.
 Foi logo dizer ao povo:
 — Vi um homem com uma cabrada em tal parte. E grande poder ele tem. Não é que recolhe os animais, e, quando estão todos recolhidos, começa a chover?
 Foram lá outros ver, cheios de curiosidade, e notaram que assim era. Por isso o povo tem grande devoção por S. Domingos. Dizem que no dia da festa é costume chover, e que é uma chuva que nunca faz mal. Faz sempre bem. É também por isso que este santo se chama “S. Domingos água abaixo”.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre Património Imaterial do Douro - Narrações Orais (contos, lendas, mitos) Vol. 1 Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2007 , p.199

Ano2007

Place of collection Tabuaço, TABUAÇO, VISEU

ColectorAlexandre Parafita (M)

InformanteMaria da Purificação Fernandes Ferreira (F), 76 y.o.,

Narrativa

When XXI Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications