Senhora da Lapa

APL 2203

Na Beira Alta existe uma santa, chamada a Senhora da Lapa, a qual é muito visitada por doentes, por ter muita fama em milagres de curar.
 Está colocada num sítio, em que para a ver tem de se entrar de lado e dizem que por mais magra que a pessoa seja não entrando de lado não cabe na passagem, assim como por muito gorda que seja uma pessoa, entrando de lado, cabe.
 Noutro tempo fizeram-lhe uma capela, para a lá colocarem e, quando iam buscá-la para a pôr no altar ela fugiu sempre para o penedo onde apareceu, de forma que fizeram a capela lá no mesmo penedo onde hoje existe.
 Um caminhante estava dormindo e entrou-lhe uma cobra na boca, porque a cobra é inimiga do homem: foi o primeiro bicho que Deus amaldiçoou. Depois o caminhante lembrou-se da Senhora da Lapa que lhe acudisse. E imediatamente a cobra virou para fora a cabeça e ficou com o corpo atravessado na boca, porque ela não tinha entrado toda, O caminhante deitou-lhe a mão e a cobra caiu no chão.

Fonte Biblio VASCONCELLOS, J. Leite de Contos Populares e Lendas II Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , p.505

Place of collection-, GUARDA, GUARDA

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications