Animal Metamorphosis

Results 1 thru 25
Page 1 of 2       1 | 2 >

APL 2921
[A bola de palha, o borrego e a bruxa]

SALVADO, Maria Adelaide Neto, Remoínhos, Ventos e Tempos da Beira, s/l, Band, 2000 , 41-43
Proença-A-Nova (PROENÇA-A-NOVA) CASTELO BRANCO None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 844
A bruxa do lagar fundeiro da Catraia

VILHENA, M. Assunção, Gentes da Beira Baixa, Lisbon, Colibri, 1995 , 107
- (PROENÇA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

Uma noite, um homem vinha da Catraia a caminho do Pucariço. Perto do lagar fundeiro, viu uma cabra à beira da valeta. Agarrou nela e trouxe-a às costas. Pelo caminho ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 763
A bruxa dos Cabriz

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro - Narrações Orais (contos, lendas, mitos) Vol. 1, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2007 , 166
Sendim (TABUAÇO) VISEU

Havia nos Cabriz uma mulher que, segundo a lenda, era bruxa e se transformava em cabrita. E quando se transformava, costumava ir para o alto dos Cabriz e por ali ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1943
A Bruxa Galinha

MILHEIRO, António, S. Miguel de Acha - Memórias da Cultura Tradicional, Idanha-a-Nova, Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, 2002 , 37
São Miguel De Acha (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO
Motifs: G275.12., G211.,

Types: 3055,

Noutros tempos, quando não havia iluminação nas ruas de S. Miguel, um grupo de rapazes que tinha estado numa taberna até tarde da noite e regressavam a suas ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1163
A bruxa na capoeira

MOURA, José Carlos Duarte, Histórias e Superstições na Beira Baixa, Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , 18
Alcains (CASTELO BRANCO) CASTELO BRANCO
Motifs: G275.12., G211.,

Types: 3055,

Havia na aldeia uma mulher que segundo as pessoas, era bruxa e quando era noite transformava-se em galinha.
 Numa noite, cerca da meia-noite a mulher saiu de casa e transformou-se ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1329
A feiticeira que se transformou em aranha

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 162-163
Santa Cruz Da Graciosa (SANTA CRUZ DA GRACIOSA) ILHA DA GRACIOSA (AÇORES)

Pelos princípios do século vinte havia uma família pobre das Fontes, na Graciosa, a quem morriam muitas criancinhas pouco depois de terem nascido. E verdade que os ...

[Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 2971
A Galinha com Pintos

JANA, Isilda, Histórias à Lareira, Abrantes, Palha de Abrantes, 1997 , 50
Pego (ABRANTES) SANTARÉM None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3171
A perseguição dos pintainhos

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 290
Vilas Boas (VILA FLOR) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 410
A Perua

CUNHA, Jorge da, Criações do Génio Popular, Arruda dos Vinhos, Associação para a Recuperação do Património de Arruda, 1997 , 74
Arruda Dos Vinhos (ARRUDA DOS VINHOS) LISBOA

Conta o povo que em certa noite, encruzilhada de caminhos, um homem abrigando-se junto de um portão, da forte tempestade que deflagrava em Arruda dos Vinhos, lhe apareceu uma ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1913
[A pomba que levantava a água]

AZEVEDO, Ana, A Literatura Oral na Comunidade Emigrante Portuguesa em Montreal, Faro, Universidade do Algarve, 2002 , # 135
- (VILA REAL) VILA REAL

Tinham um tanque grande onde guardavam a água para regar, e todas as noites a água desaparecia.
 E ele vai para lá guardar [a ver] quem vinha levantar o tanque ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3055
A porca e a ninhada de pintos

CAETANO, Amélia, "Lendário Mafrense" in Boletim Cultural '93, Mafra, Câmara Municipal de Mafra, 1994 , 268
- (MAFRA) LISBOA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1154
A ronda e a bruxa

MOURA, José Carlos Duarte, Histórias e Superstições na Beira Baixa, Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , 14
Alcains (CASTELO BRANCO) CASTELO BRANCO

Isto que te vou contar, aconteceu mesmo com o meu pai.
 Andava ele mais dois rapazes e três raparigas a cantar e a tocar à ronda. Isto quando passaram pela ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1162
Azar de bruxa

MOURA, José Carlos Duarte, Histórias e Superstições na Beira Baixa, Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , 18
Alcains (CASTELO BRANCO) CASTELO BRANCO
Motifs: G275.12., G211.,

Types: 3055,

Era uma vez uma mulher que as pessoas diziam que era bruxa e transformava-se em galinha.
 Certa noite, a mulher saiu de casa à meia-noite e andava na rua e j ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 335
Bruxas (4)

MORGADO, Isabel, Viagens ao Imaginário, Torres Vedras, Centro de Formação das Escolas de Torres Vedras, 1999 , 70
- (TORRES VEDRAS) LISBOA

Um dia um senhor vinha de uma festa com um amigo e não gostava de gatos pretos. Encontrou um gato preto no caminho e disse ao amigo que desse ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 26
Bruxas em forma de patas

CAMPOS, Beatriz C. D., Tarouca, Folclore e Linguística, Tarouca, Câmara Municipal de Tarouca / Escola Preparatória de Tarouca, 1985 , 24
- (TAROUCA) VISEU
Motifs: G275.12., G211.,

Types: 3055,

“O meu pai contava que um homem tinha umas certas horas de água para regar. Uma noite estava no campo a tapar a água da poça. Foi deitar-se numa ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 1382
Burra alheia deixa-se ao dono

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 225
- (MADALENA) ILHA DO PICO (AÇORES)

Há alguns anos atrás, Simão Pereira e um amigo iam a pé para uma folga, ao anoitecer. Simão era um bom tocador e levava a sua viola ...

[Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 2954
"Escola" de Bruxas (2)

JANA, Isilda, Histórias à Lareira, Abrantes, Palha de Abrantes, 1997 , 33
Pego (ABRANTES) SANTARÉM None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 868
Feiticeiras de Crasto

CAMPELO, Álvaro, Lendas do Vale do Minho, Valenca, Associação de Municípios do Vale do Minho, 2002 , 107-109
- (MONÇÃO) VIANA DO CASTELO

Que as feiticeiras se reúnem de noite para as suas tropelias e divagações festivas, todos o sabem, mas porque é que elas têm uma predilecção pelo Monte ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 44
Galinha por bruxa

CAMPOS, Beatriz C. D., Tarouca, Folclore e Linguística, Tarouca, Câmara Municipal de Tarouca / Escola Preparatória de Tarouca, 1985 , 38
- (TAROUCA) VISEU

Umas mulherzinhas moravam no Alto da Costa e iam ao carvão a Várzea da Serra para vender em Lamego. Esperavam os almocreves cá em baixo, junto da fonte ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 1757
“História da Bruxa Pastora”

AA. VV., -, Inquérito Boléu (recolhas inéditas), Coimbra, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, , 104-105
Sobreira Formosa (PROENÇA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

“Um caçador viu uma bruxa qu’era pastora. Fecou a gorda-la. Ela despiu-se e inlaburdou-se toda no tchão e transfermou-se in alemal e foi tchoupari, o sangue, a ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 2338
História da galinha preta

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Vilarouco (SÃO JOÃO DA PESQUEIRA) VISEU None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1952
História de uma mulher que era bruxa

SILVA, Margarida Moreira da, É por aí voz constante... e o povo sabe quando diz..., Loures, Museu Municipal de Loures, 2007 , 64-65
- (LOURES) LISBOA
Motifs: G275.12., G211.,

Types: 3055,

(...) havia uma mulher que era bruxa estava lá a morar nesse tempo, e ela uma vez, [estive lá na terra do meu marido, estive lá oito anos e isto j ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 2679
História do Largo das Sete Ruas

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (TAVIRA) FARO None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 284
Lenda da bácora russa

ALVES, Maria da Piedade Lopes, Memória e Tradições, Carregal do Sal, DREC - CAEV coord. concelhia de Carregal do Sal, 1995 , 24-25
Oliveira Do Conde (CARREGAL DO SAL) VISEU

Quem subir a estrada do Belogão, no lugar da Portela, a cerca de 200 m do cruzamento do Calvário, poderá encontrar escondida com uma sebe de cedros uma ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 581
Lenda das bruxas

MOURA, José Carlos Duarte, Contos, Mitos e Lendas da Beira, Coimbra, A Mar Arte, 1996 , 32-33
Tinalhas (CASTELO BRANCO) CASTELO BRANCO

As pessoas mais idosas de Tinalhas contam por vezes, que nos seus tempos havia bruxas, as quais saíam de casa entre a meia noite e a uma da madrugada ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]


Results 1 thru 25
Page 1 of 2       1 | 2 >