Encantadas em Cobras

Results 1 thru 25
Page 1 of 6       1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >

APL 604
A bicha-moura do carreiro do Moinho Velho

SOUSA, Arlindo de, O Concelho da Feira. História. Etnografia. Arte. Paisagem., Espinho, Tipografia Espinhense, s/d , 40
Feira (SANTA MARIA DA FEIRA) AVEIRO

Quem me narrou esta história, viu, uma vez, a bicha-moura a escorregar pelo carreiro do Moinho Velho, que leva ao Uíma, ao moinho do Ferreiro. Na cabeça ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3677
A bola de Dona Mirra

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 312
Galafura (PESO DA RÉGUA) VILA REAL

Na encosta de S. Leonardo há um sítio chamado a Fonte dos Mouros, onde andava, certo dia, uma menina a apanhar lenha. Nisto aparece-lhe à frente uma grande cobra, com ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2272
[A Cisterna da Torre de Dona Chama]

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 762-763
Torre De Dona Chama (MIRANDELA) BRAGANÇA

No castelo da Torre de Dona Chama (Trás-os-Montes) há uma cisterna com uma moura encantada em mulher da cinta para cima e serpente da cinta para baixo. Uma vez ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição de Memória]

APL 2262
A Cobra do Sabugueiro

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 750
Sabugueiro (SEIA) GUARDA

No Sabugueiro, margens do Rio Alva (faldas da Estrela), um rapaz viu sobre um penedo uns figos secos. Ia a lançar-lhes a mão, quando ouviu uma voz gritar-lhe ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição de Memória]

APL 514
A Cobra Encantada da Horta de Cima

LOPES, António Ferreira, Contos e Lendas Populares e de Transmissão Oral na Serra da Adiça, in: Arquivo de Beja, vol. XIV, serie III, Beja, Câmara Municipal de Beja, 2000 , 65
Vila Verde De Ficalho (SERPA) BEJA

«Quando era ainda muito novo, ouvia falar nesta cobra encantada, havendo então pessoas que afirmavam terem-na visto numa manhã de S. João e que apresentava uma trança ...

[Some Belief] [Transcrição Oral]

APL 3114
A cobra e os fios de ouro

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 220
Zedes (CARRAZEDA DE ANSIÃES) BRAGANÇA

Numa fraga à ida para a nossa horta (no Gorgolão, sítio da freguesia de Zedes), uma vez passou lá uma mulher. Uma cobra saiu de uma fraga muito grande ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2166
[A Cobra e o Tesouro]

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Nossa Senhora Do Bispo (MONTEMOR-O-NOVO) ÉVORA

Esta diz que era uma serpente, diz que tinha muito ouro, muitos cordões de ouro. Diziam as pessoas que tinham sonhado, que tinha muitos cordões de ouro, muito ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1024
A cobra moura

AA. VV., -, Literatura Portuguesa de Tradição Oral, s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , ME13
Balazar (PÓVOA DE VARZIM) PORTO

Contam que, quando houve as invasões dos Mouros, foi enterrado um tesouro no lugar das Penices, entre Balazar e Gondifelos, e que até aos dias de hoje ali est ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3154
A cobra que pedia um beijo

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 273
Vila Flor (VILA FLOR) BRAGANÇA

À saída de Vila Flor, quem vai para o cemitério, e onde há um sobreiro, havia uma mina onde, à meia-noite, costumava aparecer uma cobra que falava e que pedia ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 889
A Cova da Moura

CAMPELO, Álvaro, Lendas do Vale do Minho, Valença, Associação de Municípios do Vale do Minho, 2002 , 195-197
Cornes (VILA NOVA DE CERVEIRA) VIANA DO CASTELO

Em tempos que lá vão, quando os mouros e cristãos ainda viviam próximos uns dos outros, apesar de inimigos, uma bela Moura ficou perdida de amores por ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 614
A Cova da Serpe

SOUSA, Arlindo de, Umica, Aveiro, Separata de Arquivo do Distrito de Aveiro, vol. XX, 1954 , 44
Fiães (SANTA MARIA DA FEIRA) AVEIRO

A Nascente do monte de Santa Maria de Fiães existe uma depressão alongada de terreno que o povo designa por Cova da serpe. Segundo a lenda popular, v ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 1031
A Cova dos Mouros

AA. VV., -, Literatura Portuguesa de Tradição Oral, s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , ME20
- (BRAGA) BRAGA

Na aldeia de Marrancos havia um moço muito tímido que não conseguia dizer nada do que pensava. Até que se apaixonou perdidamente por uma rapariga da sua ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3632
A donzela encantada e o jogador

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 281-282
Bouça (MIRANDELA) BRAGANÇA

Na aldeia de Ribeirinha, concelho de Mirandela, brota de uma fraga uma água muito pura, que o povo acredita ser milagrosa. O local é hoje conhecido como Fonte de Nossa Senhora ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3707
A Fonte da Moura

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 335
Nozelos (VALPAÇOS) VILA REAL

Em Nozelos, a pouco mais de meia hora de caminho de Lebução, existe uma casa grande abandonada, com uma quinta à volta onde está uma fonte de água fresca a ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3549
A Fonte da Moura de S. Julião

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 217-218
São Julião De Palácios (BRAGANÇA) BRAGANÇA

Na aldeia de S. Julião, concelho de Bragança, havia uma fonte conhecida como a “Fonte da Moura” e também lhe chamavam “Fonte de Cima da Trembla”, pois ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3553
A fraga do cavaleiro

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 223
- (BRAGANÇA) BRAGANÇA

Há em Freixedelo, no concelho de Bragança, uma fraga a que o povo chama a “Fraga do Cavaleiro”. Diz-se que, há muitos e muitos anos, se ouvia ali, nos ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3731
A fraguinha do Salgueiro

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 351-352
- (VILA FLOR) BRAGANÇA

Na encosta da Ponte do Salgueiro, perto de Valbom da Trindade, no concelho de Vila Flor, há uma fraga com uma brecha no meio e ao lado uma outra com ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 861
A Jovem Encantada

CAMPELO, Álvaro, Lendas do Vale do Minho, Valença, Associação de Municípios do Vale do Minho, 2002 , 77-79
Castro Laboreiro (MELGAÇO) VIANA DO CASTELO

Vivia no lugar do Quinjo, em Castro Laboreiro, uma princesa que tinha sido encantada sob a forma de uma serpente, e que trazia uma flor presa na boca.
 Era esta ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2260
A Lapa do Diabo

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 748
Valadares (MONÇÃO) VIANA DO CASTELO

A moira aparece pelos S. Juões, de 7 em 7 anos. Da cinta p’a riba é géinte e pra báixo é bicho (serpéinte segundo uns, ou cabra ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3702
A lenda da Fonte de Carvalho

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 332
Torre De Moncorvo (TORRE DE MONCORVO) BRAGANÇA

Dizem os mais antigos que na Fonte de Carvalho, em Torre de Moncorvo, há uma moura encantada que canta maravilhosamente na noite de S. João. E também dizem ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2131
A lenda da moura e do touro

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Messejana (ALJUSTREL) BEJA

Isto é uma lenda aqui de Messejana, que se passou há muitos anos, aqui numa horta, chamada Horta do Cabo.
 A lenda começa assim:
 Era uma princesa, que ‘tava encantada ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2161
A Lenda de Velhas

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Castrelos (BRAGANÇA) BRAGANÇA

Num lugar chamado Velhas (esta é lenda), e depois então, andava ali uma menina a pastorear, encontrou, apareceu-lhe uma menina, mais ou menos da idade dela, uma menina muito linda ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 702
A lenda do rio seco

LOPES, Morais, Algarve: as Moiras Encantadas, s/l, Edição do Autor, 1995 , 16-20
- (FARO) FARO

Diz a longa tradição
Que foi, por nossas avós,
Passada de mão em mão
Ou, talvez, de voz em voz,

Que naquel’ lugar havia
Um po ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 1888
[A Mãe do Diabo]

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas I, Coimbra, por ordem da universidade, 1963 , 451
Cortes Do Meio (COVILHÃ) CASTELO BRANCO

Uma menina muito linda apareceu a um homem e disse-lhe que, se lhe tirasse o encanto, o faria feliz; mas logo o preveniu de que ela havia de lhe aparecer ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3167
A menina encantada

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 286
Vilas Boas (VILA FLOR) BRAGANÇA

Era na noite de S. João. Nessa altura não tinham relógio na torre, não tinham nada e nunca sabiam as horas. Passou-se com uma tia-avó minha ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]


Results 1 thru 25
Page 1 of 6       1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >