Sereias

Results 1 thru 12
Page 1 of 1

APL 2548
[A Floripes]

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Olhão (OLHÃO) FARO

A Floripes, segundo me contaram, a Floripes era assim, foi uma rapariga muito linda, uma viúva que o marido morreu no mar, aliás, foi “p’ó” mar e nunca ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2012
A lenda da Floripes

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Olhão (OLHÃO) FARO

A Floripes era uma deusa encantada que estava no mar, nos rochedos e ao pé da praia, na areia. A minha avó contava-me quando eu era pequenina que haviam pescadores ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3695
A Lenda da Pedra Encantada

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 327-328
Horta Da Vilariça (TORRE DE MONCORVO) BRAGANÇA

Conta a gente desta terra que, há muitos anos passados, quando toda a gente era humilde e dava as mãos ao trabalho, todos os camponeses se dirigiam para à campo ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2495
A lenda da sereia

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Cedros (SANTA CRUZ DAS FLORES) ILHA DAS FLORES (AÇORES)

No início do povoamento da ilha das Flores estava um rapaz loiro, de olhos azuis, muito bonito à pesca. Passado umas horas pareceu-lhe que tinha apanhado um peixe e come ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 296
A Quinta da Areia

MORGADO, Isabel, Viagens ao Imaginário, Torres Vedras, Centro de Formação das Escolas de Torres Vedras, 1999 , 27
- (TORRES VEDRAS) LISBOA

Perto da Praia Azul existe a Quinta da Areia, que é uma velha quinta que está em ruínas.
 Conta-se que, há muitos anos, o mar saltou fora e parou perto ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1230
A Sereia da Praia

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 47
Almagreira (VILA DO PORTO) ILHA DE SANTA MARIA (AÇORES)

No lugar da Praia, em Santa Maria, muito próximo do mar, vivia um pescador que tinha um filho já homem. Nas noites de lua cheia costumavam sentar-se fora da ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3202
[A Sereia de Peniche]

CALADO, Mariano, Peniche na História e na Lenda, Peniche, Edição do Autor, 1991 , 416-417
- (PENICHE) LEIRIA

Um dia, nas águas sossegadas da praia do Carreiro do Cabo, entretinha-se a mulher de um pescador a dar banho a uma sua filhinha de tenra idade.
    As ondas vinham ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 1347
A sereia e o pescador

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 182
Santa Cruz Da Graciosa (SANTA CRUZ DA GRACIOSA) ILHA DA GRACIOSA (AÇORES)

Há muitos anos atrás, quando a Limeira ainda era uma praia, um certo dia, um pescador que por ali passava para ir para o seu trabalho ouviu um choro ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3806
Dona Marinha

MATTOSO, José, Livro de Linhagens do Conde Dom Pedro, Lisboa, Academia das Ciências, 1980 , 73 A1
- (BARCELOS) BRAGA
Motivos: B81.2.1., B81.2., B81.13.11., F954.,

O primeiro foi ũu cavaleiro boo que houve nome dom Froiam, e era caçador e monteiro. E andando ũu dia em seu cavalo per riba do mar, a seu ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 2317
Lenda das sereias

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (TAVIRA) FARO

Informante: Eu ouvi esta lenda contada por muita gente, já faz tempo, muita gente contava que existia sereias. Então sereias era metade mulher, metade peixe e então havia ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2318
Lenda das sereias na pesca do bacalhau

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (TAVIRA) FARO

Informante: Seis meses no mar. Seis meses no mar, lembras-te Custódio? Seis meses no mar sem ver só sol e o mar. Andavam seis meses por lá ganhavam muito ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1212
Os Marinhos e as ilhas encantadas

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 20-21

Há muitos anos, as ilhas aos Açores estavam encantadas, envoltas em nevoeiros e inacessíveis aos navios que vinham de fora, pois elas eram um reduto cristão, enquanto ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]


Results 1 thru 12
Page 1 of 1