Enchanted Treasures

Results 226 thru 250
Page 10 of 14       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 >

APL 3727
Lenda do Penedo Redondo

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 348-349
Benlhevai (VILA FLOR) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3643
Lenda do Poço do Dourado

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 290-291
- (MOGADOURO) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1180
“Lenda do pontãozinho”

MOURA, José Carlos Duarte, Histórias e Superstições na Beira Baixa, Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , 27-28
Ladoeiro (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

Um homenzinho era muito pobrezinho e vinha do trabalho de noite, chegou ao pontãozinho qual foi o espanto dele que viu uma manta no chão cheia de passas ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 300
Lenda dos Caixões

MORGADO, Isabel, Viagens ao Imaginário, Torres Vedras, Centro de Formação das Escolas de Torres Vedras, 1999 , 29
Monte Redondo (TORRES VEDRAS) LISBOA

Existem em Monte Redondo (na serra) umas grandes pedras brancas a que os populares chamam caixões. Ora, como os Condes de Monte Redondo morreram e a maior parte dos ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 2832
Lenda dos Dez Outeiros

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisbon, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 181-188
Aldeia Nova De São Bento (SERPA) BEJA None [Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 49
Lenda dos figos

FERNANDES, Maria Emília, Mourinhos e Mouras Encantadas em Cacela, Vila Real de Santo António, Câmara Municipal de Vila real de Santo António, 2007 , 13
Vila Nova De Cacela (VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO) FARO

Contava uma velhota da aldeia de Santa Rita que no sítio da Ponte havia uma mulher que costumava ir a um poço que aí existia, pela hora do ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 439
Lenda dos Mourinhos

S/A, ., Lendas e Outras Histórias, Estremoz, Escola Porfissional da Região Alentejo / Núcleo de Dinamização Cultural de Estremoz, 1995 , 77-78
São Bento Do Cortiço (ESTREMOZ) ÉVORA

Existem a um quilómetro de distância da minha freguesia, S. Bento do Cortiço, umas propriedades e um monte denominado monte dos “Mourinhos”. Dentro duma dessas propriedades, est ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3232
Lendas do Cabril e do Lugar da Presa

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Alcaravela (SARDOAL) SANTARÉM None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 683
Lendas Mouras (A de Nave Redonda)

DIAS, Jaime Lopes, Contos e Lendas da Beira, Coimbra, Alma Azul, 2002 , 126-127
Tinalhas (CASTELO BRANCO) CASTELO BRANCO

No Monte da Nave Redonda, em Tinalhas, do concelho de Castelo Branco, uma moura estendeu passas sobre uma manta.
 Passou pelo sítio um homem que, vendo-as muito apetitosas, apanhou ...

[Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 682
Lendas Mouras (A de Penha Garcia)

DIAS, Jaime Lopes, Contos e Lendas da Beira, Coimbra, Alma Azul, 2002 , 126
Penha Garcia (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

É crença em Penha Sarda, muito curiosa e histórica povoação do concelho de Idanha-a-Nova, que na manhã do dia de S. João, uma moura, que vive numa ...

[Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 3192
Lendas Mouriscas

S/A, ., Algumas Lendas da Região de Alcobaça (Dossier de Informação Turística), Alcobaca, Câmara Municipal de Alcobaça, 2000 , 9
Turquel (ALCOBAÇA) LEIRIA None [Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 542
Lendas populares de figueiredo das donas (1)

CRUZ, Julio, Lendas Lafonenses, Vouzela, AVIZ / Clube de Ambiente e Património da Escola Secundária de Vouzela / ADRL, 1998 , 26
Figueiredo Das Donas (VOUZELA) VISEU

Segundo relatos populares, existia no antigo Paço de Figueiredo das Donas, um Pombal.
 Junto a esse pombal, há um grande monte de pedras, onde se julga que no meio ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 267
Ls três carbones

MARTINS, Duarte Manuel Mendes, Bozes de l Praino, Lisbon, Edições do Nordeste, 2004 , 228
- (MIRANDA DO DOURO) BRAGANÇA

Ua beç ua mulhier pobre iba a regar la huorta passou pula Fuonte de Poço Pinhal. Amarrou-se para buer auga ancuntrou alhá trés crouas de prata na auga ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3314
Manteigas

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisbon, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo V, pp. 56.57
- (MANTEIGAS) GUARDA None [Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 1612
Mina da Citânia

SARMENTO, Francisco Martins, Antígua, Tradições e Contos Populares, Guimaraes, Sociedade Martins Sarmento, 1998 , 81
- (GUIMARÃES) BRAGA

Um homem, sabendo que os mouros da célebre mina da Citânia, davam esmola a quem lha pedia, foi lá. Os mouros prometeram-lha com a condição de que ...

[Unsure / Uncommitted] [Memory transcription]

APL 597
Mina de ouro

MOURA, José Carlos Duarte, Contos, Mitos e Lendas da Beira, Coimbra, A Mar Arte, 1996 , 64-65
Vila Velha De Ródão (VILA VELHA DE RÓDÃO) CASTELO BRANCO

Dizem os antigos que certa vez andavam sete cavalos numa noite a carregar ouro para uma mina, mas não se sabia a sua localização. Diz-se que seja na ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 175
Moira de Santa Marinha (Freitas)

COIMBRA, Artur Ferreira, Fafe, a Terra e a Memória, Fafe, Câmara Municipal de Fafe, 1997 , 328-329
Freitas (FAFE) BRAGA

Começarei por um caso que se deu no Monte de Santa Marinha, pouco mais ou menos na extrema das duas freguesias. Numa manhã de S. João uma pegureira ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 1782
[Moncarapacho]

AA. VV., -, Tradição Popular Algarvia, Faro, Direcção Geral de Educação de Adultos, s/d , Lendas
Moncarapacho (OLHÃO) FARO

Dizem que Moncarapacho é derivado a umas mulheres que viviam aqui mas é mentira, acho que Moncarapacho foi derivado “porque” se nós “tivermos” a olhar pelo Cerro de S. Miguel parece ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3328
Monsanto

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisbon, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo V, p. 416
Monsanto (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO None [Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 1554
Moura Encantada

DUARTE, Joaninha, A Luz da Cal ao Canto do Lume, Lisbon, Colibri, 2009 , 267-268
Pavia (MORA) ÉVORA

Contam os mais antigos que no caminho para a fonte existia um tesouro debaixo de uma grande oliveira, deixado por uma moura que a pouco e pouco foi enriquecendo, mas ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1610
Moura guardando ovelhas

SARMENTO, Francisco Martins, Antígua, Tradições e Contos Populares, Guimaraes, Sociedade Martins Sarmento, 1998 , 77
- (GUIMARÃES) BRAGA

Na Citânia, para o lado da Lagiosa tem vista uma moura a fiar, e a guardar ovelhas. Sob a forma das ovelhas estão os seus tesouros. Aqui est ...

[Unsure / Uncommitted] [Memory transcription]

APL 1606
Moura na Abação

SARMENTO, Francisco Martins, Antígua, Tradições e Contos Populares, Guimaraes, Sociedade Martins Sarmento, 1998 , 65
Abação (São Tomé) (GUIMARÃES) BRAGA

Na Abação outro sujeito, também na manhã de S. João viu uma moura estar a lavar umas meadas de ouro numa presa, e ir estendê-las depois ...

[Unsure / Uncommitted] [Memory transcription]

APL 1605
Mouras em Santo Antoninho

OLIVEIRA, Francisco Xavier d'Ataíde, As Mouras Encantadas e os Encantamentos do Algarve, Loule, Notícias de Loulé, 1996 [1898] , 65
- (GUIMARÃES) BRAGA

Passando perto do monte de Santo Antoninho, um homem conhecido da D. Maria, declarou que vira uma moura a assoalhar dinheiro em cima dum penedo. Era na manhã de S ...

[Unsure / Uncommitted] [Memory transcription]

APL 75
Mouras Encantadas

VAZ, Francisco Lourenço, Pinelo, economia da natureza e cultura popular, Lisbon, Colibri / C. M. Vimioso, 2002 , 59-60
Pinelo (VIMIOSO) BRAGANÇA

Segundo a lenda existem outras mouras encantadas no termo de Pinelo: uma nas fragas do Picote sítio alto próximo da povoação e outra nas Fragas de Penalmurio ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 2261
No Sítio da Mortilheira

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 749-750
Mértola (MÉRTOLA) BEJA None [Unsure / Uncommitted] [Memory transcription]


Results 226 thru 250
Page 10 of 14       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 >