Enchanted Treasures

Results 176 thru 200
Page 8 of 14       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 >

APL 3235
Lenda da Fonte do Martinho

ALEXANDRE, Maria Guadalupe , Etnografia, Linguagem e Folclore de Castelo de Vide, Viseu, Junta Distrital de Portalegre, 1976 , 61-62
- (CASTELO DE VIDE) PORTALEGRE None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3144
Lenda da Fonte Sangrinho

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 255
Seixo De Manhoses (VILA FLOR) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3097
Lenda da Fonte Velha

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 196
Parambos (CARRAZEDA DE ANSIÃES) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 258
Lenda da Fraga da Moura

ROSÁRIO, Serafim do, Terras de Vimioso: Retalhos de Literatura Oral, [Vimioso], sem editora, s/d , 102
Caçarelhos (VIMIOSO) BRAGANÇA

Na freguesia de Caçarelhos existe uma fraga muito grande e chama-se Fraga da Moura. Esta fraga situa-se no caminho que vai de Caçarelhos para Angueira. Sobre essa fraga ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 259
Lenda da Fraga da Moura (Outra versão)

ROSÁRIO, Serafim do, Terras de Vimioso: Retalhos de Literatura Oral, [Vimioso], sem editora, s/d , 103
Caçarelhos (VIMIOSO) BRAGANÇA

Ouve-se na freguesia de Caçarelhos uma lenda muito antiga, é chamada a lenda da fraga da moura. Nesses tempos antigos, as pessoas ricas costumavam guardar os seus tesouros em s ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3700
Lenda da Fraga da Pindura

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 330-331
Felgar (TORRE DE MONCORVO) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3568
Lenda da Fraga de Selim

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 232-233
Zedes (CARRAZEDA DE ANSIÃES) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 3730
Lenda da Fraga do Pinhal

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 350-351
- (VILA FLOR) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 228
Lenda da grade de ouro

VALLE, Carlos, Revista de Etnografia, Tradições Populares de Vila Nova de Gaia, Porto, Junta Distrital do Porto, 1965 , 131-132
Crestuma (VILA NOVA DE GAIA) PORTO

A freguesia de Crestuma, tão característica, tão aprazível e bucólica, tem já muita idade, bem como o rio Uima que a atravessa e aí desagua ...

[Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 3572
Lenda da grande cobra a guardar o encanto

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 235
Cimo De Vila Da Castanheira (CHAVES) VILA REAL None [Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 2848
Lenda da Mina de Ouro

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisbon, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 329-336
Vale De Figueira (SANTARÉM) SANTARÉM None [Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 525
Lenda da Mina dos Cavalos de Ouro

LOPES, António Ferreira, Contos e Lendas Populares e de Transmissão Oral na Serra da Adiça, in: Arquivo de Beja, vol. XIV, serie III, Beja, Câmara Municipal de Beja, 2000 , 71
Sobral Da Adiça (MOURA) BEJA

Há uma lenda que diz que está um carro e uma mula em oiro, dentro de um buraco, guardados por uma moura encantada em serpente, que o defende até à morte ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 224
Lenda da mina dos mouros

VALLE, Carlos, Revista de Etnografia, Tradições Populares de Vila Nova de Gaia, Porto, Junta Distrital do Porto, 1965 , 128-129
Perosinho (VILA NOVA DE GAIA) PORTO

Conta-se que um lavrador do lugar de Crasto, Perosinho, mandava as suas vacas dia a dia ao dito Monte Murado em busca de pasto.
 Sucedia que uma delas regressava com ...

[Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 1172
Lenda da moura

MOURA, José Carlos Duarte, Histórias e Superstições na Beira Baixa, Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , 21-22
- (CASTELO BRANCO) CASTELO BRANCO

Em tempos, uma linda rapariga moura ficou presa por encanto junto de um tesouro, que está escondido junto das rochas do Castro, e é guardado por uma enorme serpente. Dizem que ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 830
Lenda da Moura

VILHENA, M. Assunção, Gentes da Beira Baixa, Lisbon, Colibri, 1995 , 99
- (PROENÇA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

Uma vez, uma moura estava sentada numa fraga a pentear-se com um pente
de ouro. Andavam por ali os pastores e punham-se a olhar para ela. Ela perguntava:
 — Qual é o ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1981
Lenda da moura do “Cerro das Relíquias”

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Giões (ALCOUTIM) FARO

Há um cerro ao pé de Giões, no concelho de Alcoutim, e depois havia um homem que era aqui de Clarines, chamado José da Palma, e andava com um ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 2820
Lenda da Moura do Pontão

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisbon, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 81-86
Ladoeiro (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO None [Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 3241
Lenda da moura dos Fortios

TRANSMONTANO, Maria Tavares , Subsídios para uma Monografia de Portalegre, Portalegre, Câmara Municipal de Portalegre, 1997
Fortios (PORTALEGRE) PORTALEGRE None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1706
Lenda da Moura Encantada

AA. VV., -, Literatura da tradição oral do concelho de Vila Real, s/l, UTAD / Centro de Estudos de Letras (Projecto: Estudos de Produção Literária Transmontano-duriense),
Campeã (VILA REAL) VILA REAL

Contabam minhas avós,
Era lenda com certeza,
Que uma Moura Encantada
Possuía grande riqueza.

Perto desta região,
Lá na ponte da Aradeira,
Há ainda um fragão ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1178
Lenda da moura encantada da “Ovelha” do carreiro

MOURA, José Carlos Duarte, Histórias e Superstições na Beira Baixa, Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , 26
Zebreira (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

Dizem as pessoas idosas que havia uma Moura (chamava-se assim porque nunca tinha sido baptizada) que estava “encantada” e que Quinta-Feira de Ascensão, no sítio da Ovelha do ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 2850
Lenda da Moura que chora

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisbon, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 351-354
Quirás (VINHAIS) BRAGANÇA None [Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]

APL 3528
Lenda da Pala Moura

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006
Carlão (ALIJÓ) VILA REAL None [Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 235
Lenda da panela da peste

VALLE, Carlos, Revista de Etnografia 26, Tradições Populares de Vila Nova de Gaia - Narrações Lendárias, Porto, Junta Distrital do Porto, 1969 , 424-425
Crestuma (VILA NOVA DE GAIA) PORTO

As tradições de Crestuma asseguram que, numa mina existente à beira-rio (que fazia, ao que se diz, a ligação subterrânea com o Castelo da Feira), havia um grande ...

[Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 1030
Lenda da Penedice

AA. VV., -, Literatura Portuguesa de Tradição Oral, s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , ME19
- (GUIMARÃES) BRAGA

Numa pequena aldeia minhota, reza a história que uma moura encantada era a guardiã de um grande tesouro que os seus antepassados enterraram num aglomerado rochoso, existente no cimo ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 2844
Lenda da Ribeira da Sertã

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisbon, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 299-302
Sertã (SERTÃ) CASTELO BRANCO None [Unsure / Uncommitted] [Ludic written text]


Results 176 thru 200
Page 8 of 14       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 >