Pedras

Results 1 thru 25
Page 1 of 5       1 | 2 | 3 | 4 | 5 >

APL 3099
A capela do Diabo

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 198
Pinhal Do Norte (CARRAZEDA DE ANSIÃES) BRAGANÇA

Próximo de Pinhal do Norte, num sítio chamado Rebentão, há umas fragas que formam o feitio de uma capela. É a “capela do Diabo”. O povo sempre lhe ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3630
A chave de ouro

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 281
Bouça (MIRANDELA) BRAGANÇA

Antigamente, a gente era pobre e tinha de ir apanhar a lenha ao feixe. Como havia pouquinha, íamos para muito longe saber dela e tínhamos os pousadoros certos para ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3130
A Fraga da Moura de Candoso

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 239
Candoso (VILA FLOR) BRAGANÇA

A Fraga da Moura é uma fraga muito grande, com muitos buracos lá por baixo, onde se diz que há um tesouro enterrado. E também se ouve dizer que h ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3733
A Fraga da Moura de Seixo de Manhoses

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 352-353
Seixo De Manhoses (VILA FLOR) BRAGANÇA

Na aldeia de Seixo de Manhoses, do concelho de Vila Flor, conta-se que, numa certa noite, estavam umas raparigas a fiar o linho ao serão, e, quando era meia-noite ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3626
A fraga da mula

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 278-279
Frechas (MIRANDELA) BRAGANÇA

Perto da aldeia de Frechas, no concelho de Mirandela, há um local que é conhecido por “Fraga da Mula”, onde muitos sempre tiveram receio de passar. Nesse local, existe um po ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3112
A Fraga das Bruxas

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 215
Vilarinho Da Castanheira (CARRAZEDA DE ANSIÃES) BRAGANÇA

No termo de Pinhal do Douro [freguesia de Vilarinha da Castanheira], há um lugar que o povo identifica como a “Fraga das Bruxas”, onde, segunda a tradição, elas castumam ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3553
A fraga do cavaleiro

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 223
- (BRAGANÇA) BRAGANÇA

Há em Freixedelo, no concelho de Bragança, uma fraga a que o povo chama a “Fraga do Cavaleiro”. Diz-se que, há muitos e muitos anos, se ouvia ali, nos ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3131
A Fraga do Ovo

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro (Narrações Orais), Vol. 2, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2010 , 240
Carvalho De Egas (VILA FLOR) BRAGANÇA

Essa Fraga do Ovo tem uns buracos por baixo, que era certamente onde os antigos escondiam as suas coisas.
Aqui há uns anos atrás, talvez há mais de cinquenta ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3601
A fraga dos Corvos

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 258
Vilar Do Monte (MACEDO DE CAVALEIROS) BRAGANÇA
Motivos: F721.1.,

Há também uma grande fraga em Vilar do Monte, a que chamam a Fraga dos Corvos. Diziam os antigos que aquela fraga segura um braço de mar que ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 757
A Fraga do Tambor

PARAFITA, Alexandre, Património Imaterial do Douro - Narrações Orais (contos, lendas, mitos) Vol. 1, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2007 , 160
Sendim (TABUAÇO) VISEU

A meio da encosta da serra de Sendim, entre esta povoação e o Alto do Facho, encontra-se a Fraga do Tambor. Hoje já está meia destruída, mas era ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3764
A fraga onde Nossa Senhora descansou

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 381
- (VINHAIS) BRAGANÇA

No lugar de Valpaço, próximo de Espinhoso, no concelho de Vinhais, há uma fraga que é conhecida como a “fraga do Valmiro” e que tem o furo de um ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3693
A Lenda da Fraga Amarela (versão A)

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 326
Horta Da Vilariça (TORRE DE MONCORVO) BRAGANÇA

Na Vilariça [concelho de Moncorvo] há uma pedra que servia de grade aos lavradores nos serviços agrícolas, por ser muito jeitosa. Um dia, que a ribeira ia ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3694
A Lenda da Fraga Amarela (versão B)

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 326-327
Horta Da Vilariça (TORRE DE MONCORVO) BRAGANÇA

No castro de Adeganha há uma imponente fraga, a Fraga Amarela, onde, segundo dizem as gentes da aldeia, habita uma moura, que de vez em quando aparece e se ouve ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3640
A lenda da fraga do Poio

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 289
Brunhoso (MOGADOURO) BRAGANÇA

A certa distância da aldeia de Brunhoso, concelho de Mogadouro, no caminho do Poio, existe uma grande fraga redonda, com uma grande rachadela, e que é chamada a Fraga da ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2055
A lenda da Pedra da Moura

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (GUIMARÃES) BRAGA


 Bom é uma lenda...uma lenda de Guimarães diz que quem consegui-se ler umas gravuras escritas da pedra da Moura, conseguia pedir um desejo...um desejo que tivesse...que pronto ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3695
A Lenda da Pedra Encantada

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 327-328
Horta Da Vilariça (TORRE DE MONCORVO) BRAGANÇA

Conta a gente desta terra que, há muitos anos passados, quando toda a gente era humilde e dava as mãos ao trabalho, todos os camponeses se dirigiam para à campo ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2688
A lenda da Pedra Mourinha

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (PORTIMÃO) FARO

Dizem os antigos, que nesta pedra se encontra um mouro que foi encantado e a rapariga que sonhar três vezes com um mouro que esta encantado da pedra, vai-lhe ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3223
A Lenda do Cabeço da Moira

CRUZ, João, S. Caetano - A sua história e as suas gentes, s/l, Junta de Freguesia de S. Caetano, 2000
São Caetano (CANTANHEDE) COIMBRA

A lenda do Cabeço da Moira, refere-se de facto, a um cabeço, existente na Coutada do Pisão. Trata-se de um grande monte no meio de pinhais e ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3215
A Lenda do Cabeço da Moura

SILVA, José Luciano de Figueiredo, Sever do Vouga, n/a, Câmara Municipal de Sever do Vouga, , 10-11
Paradela (SEVER DO VOUGA) AVEIRO

Conta a lenda que em Penouços - Paradela do Vouga existe uma Moura encantada dentro de duas pedras, pelo que esse lugar se chama Cabeço da Moura. Dizem os ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3612
A lenda do Rei Orelhão

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 267-268
Lamas De Orelhão (MIRANDELA) BRAGANÇA

O nome de Lamas de Orelhão vem de um rei mouro muito mau que viveu nestas terras há muitos e muitos anos. Dizia-se até que o rei Orelhão ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3758
[A moura no rio Mente]

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 375
Vilar Seco De Lomba (VINHAIS) BRAGANÇA

Na Forjinha, termo de Vilar Seco da Lomba [concelho de Vinhais], há numa fraga um buraco com escada cavada na rocha, onde, segundo a lenda, entrou um cão e ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3746
A moura, o pássaro e a cobra

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 362-363
Vale De Nogueiras (VILA REAL) VILA REAL

Havia uma moura, muito bela e bondosa, que era pretendida por todos os jovens da moirama. Porém só de um gostava a valer. Entretanto, seu pai, um homem feroz ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1934
[A pata do diabo]

AZEVEDO, Ana, A Literatura Oral na Comunidade Emigrante Portuguesa em Montreal, Faro, Universidade do Algarve, 2002 , # 164
- (ALIJÓ) VILA REAL

Há uma pequena aldeia em Trás-os-Montes, no concelho de Alijó, que se chama Franzilhal. Nessa terra há uma marca numa fraga parecida com a pata de um animal.
Conta ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3591
A Pedra Baloiçante

PARAFITA, Alexandre, A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros, Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , 252
- (MACEDO DE CAVALEIROS) BRAGANÇA

A nordeste de Bouzende, concelho de Macedo de Cavaleiros, coisa de um quilómetro do povo, no cume de um cabeço coroado por uma longa fiada de fraguedos gran ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 1357
A Pedra da Moira e o Serrado das Pedras

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 193-194
Ribeira Seca (CALHETA DE SÃO JORGE) ILHA DE SÃO JORGE (AÇORES)

Na Ribeira Seca, havia e ainda há um terreno muito direito e muito produtivo que há muitos anos atrás era cultivado de trigo. S. Jorge produzia muito trigo que ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]


Results 1 thru 25
Page 1 of 5       1 | 2 | 3 | 4 | 5 >