Lendas Biblicas

Results 1 thru 12
Page 1 of 1

APL 1864
A história de Job

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a, , TSM, Cd 8, faixa 8
Oliveira De Azeméis (OLIVEIRA DE AZEMÉIS) AVEIRO

Então, Job é muito rico, tinha muitos bens, tinha esposa, tinha filhos, tinha criados e tinha muito gado, era muito rico mesmo. E depois o demónio tinha inveja daquilo ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1876
A Morte de Jesus Cristo

SOROMENHO, Alda e Paulo, Contos Populares Portugueses (Inéditos) I Volume, Lisboa, Centro de Estudos Geográficos / INIC, 1984 , 256-257
Montouto (VINHAIS) BRAGANÇA

Deus, quando o crucificaram. Ele fugiu à morte, foi-se esconder a um horto e a judiaria andavam-no a buscar e uma velha que era da judicaria também (assim velha como ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2557
Árvore misteriosa que salvou Jesus da morte

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (COVILHÃ) CASTELO BRANCO

Olha, há uma, que no Domingo de Ramos, na minha terra, lá na Beira Baixa, nunca se apanhava erva para os animais, não se fazia nada na terra. Nada ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2227
A Torre de Babilónia

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 621
Paços De Ferreira (PAÇOS DE FERREIRA) PORTO

A Torre de Babilónia fez-se no intuito de chegarem ao Céu (os homens desse tempo). O Senhor, porém, não consentiu isso e embargou-lhes a obra, mandando-lhes ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição de Memória]

APL 2004
Job

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
São Brás De Alportel (SÃO BRÁS DE ALPORTEL) FARO

Numa certa altura Job estava na porta da cidade, e (não sei se vocês sabem mas antigamente a porta da cidade era o sítios onde os anci ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2897
Lenda da Estranha Visita

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume IV, pp. 345-347

Embora não se passe em Portugal, esta lenda vive arreigada no espírito do nosso povo. A bem dizer, foi ele que a criou. De modo que tem o ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 1866
Lenda das Maias

FURTADO-BRUM, Ângela, Contos Tradicionais Açorianos, Ponta Delgada, João Azevedo Editor, 2003
- (RIBEIRA GRANDE) ILHA DE SÃO MIGUEL (AÇORES)

Num país distante andavam uns homens à procura de Jesus para o matarem. Um dia, à noitinha, viram-no entrar numa casa de gente pobre e humilde. Então, para poderem, na ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2898
Lenda da Última Profecia de São João Baptista

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume IV, pp. 351-356
Vila Velha De Ródão (VILA VELHA DE RÓDÃO) CASTELO BRANCO

Na Lenda, todas as suposições são aceitáveis, principalmente quando a voz simples do povo as imortaliza. Assim, diz-se que Vila Velha de Ródão — vila muito ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2105
O Nó da Garganta

OLIVEIRA, Francisco Xavier d'Ataíde, Contos Tradicionaes do Algarve, Vol. II, Porto, Typographia Universal, 1905 , 121
Algoz (SILVES) FARO

Existe na garganta uma cartilagem muito desenvolvida e que constitui o chamado nó da garganta. Este nó, segundo a lenda, apareceu no homem, exactamente no momento em que Adão ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição de Memória]

APL 2540
O Ressuscitar do Galo

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (PORTIMÃO) FARO

Pois é assim. É sobre a ressurreição, a ressuscitação do galo. E então Jesus tinha os seus discípulos e caminhava com eles e dava certas ordens e eles ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2627
Porque é que a cobra não tem patas

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
Ferreiras (ALBUFEIRA) FARO

Então quando Adão e Eva apareceram, havia uma árvore que o fruto dela era a maçã, e a maçã nessa altura era o fruto proibido. E havia uma ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1872
[Sansão]

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas I, Coimbra, por ordem da universidade, 1963 , 456
Mexilhoeira Grande (PORTIMÃO) FARO

Sansão era irmão de Salamão. Era de muita força e tiraram-lhe os olhos. Dês que se viu cego, quis morrer, mas não sòzinho ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]


Results 1 thru 12
Page 1 of 1