Reis

Results 1 thru 25
Page 1 of 3       1 | 2 | 3 >

APL 2996
A Estalagem das Mestras

JANA, Isilda, Histórias à Lareira, Abrantes, Palha de Abrantes, 1997 , 79
- (ABRANTES) SANTARÉM

Perto da aldeia da Foz (concelho de Abrantes) existe um local designado por “As sete azinheiras”, exactamente por ali se encontrarem, muito juntas, sete azinheiras.
Reza a lenda que, naquele ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 384
A fonte da barroquinha

CABRAL, João, Anais do Município de Leiria, Vol. III, Leiria, Câmara Municipal de Leiria, 1993 , 229
Maceira (LEIRIA) LEIRIA

Era uma vez... em dia já muito recuado na longura dos tempos, em pleno verão escaldante, o rei passava com sua corte ali junto a Maceira.
 O rei sentia ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3229
[A Ilha Encantada]

VELOSO, Manuel Teixeira, Faial, Memórias de uma Freguesia, Funchal, Calcamar, 2000
Faial (SANTANA) ILHA DA MADEIRA (MADEIRA)


    Há no Faial uma lenda, que fala de uma Ilha Encantada, que aparece e desaparece, misteriosamente, entre a rocha da Penha d’Águia e o Porto Santo, onde se encontra ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 2643
A lenda da Rainha D. Isabel e o milagre de rosas

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (COIMBRA) COIMBRA

D. Dinis, rei de Portugal era casado com D. Isabel de Aragão, uma rainha espanhola. O rei tinha o país muito rico porque fez um grande desenvolvimento em ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1119
A lenda da tripla maldição ou lenda do Rei Vamba

HENRIQUES, Francisco , Contos Populares e Lendas dos Cortelhões e dos Plingacheiros, Vila Velha de Ródão, Associação de Estudos do Alto Tejo, 2001 , 284-285
Vila Velha De Ródão (VILA VELHA DE RÓDÃO) CASTELO BRANCO

Vamba, rei suevo ou visigótico, fundou o castelo de Ródão, onde vivia com sua mulher, filhos e restante corte. Por força das andanças de ca ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 1483
Alenquer

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , tomo I, p. 94
Alenquer (Santo Estêvão) (ALENQUER) LISBOA

 Nos fins de abril de 1148, poz D. Affonso I cêrco a Alemquer, que os mouros defendiam obstinadamente. Durava o cêrco havia dois mezes, quando na manhã de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 1487
Almourol (2)

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , tomo I, p. 156
Tancos (VILA NOVA DA BARQUINHA) SANTARÉM

Era dono do castello, em tempos antigos (ahi pelos seculos IX ou X), um senhor godo, chamado D. Ramiro, casado, e tendo uma filha unica.
Era um valoroso soldado, mas ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 640
A Maldição de Ródão

DIAS, Jaime Lopes, Contos e Lendas da Beira, Coimbra, Alma Azul, 2002 , 7-11
Vila Velha De Ródão (VILA VELHA DE RÓDÃO) CASTELO BRANCO

Sobranceiras às célebres Portas de Ródão erguem-se, ainda hoje, velhas ruínas de uma antiga fortaleza que o povo diz ter sido o Castelo do Rei Wamba ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 385
Amor e cegovim

CABRAL, João, Anais do Município de Leiria, Vol. III, Leiria, Câmara Municipal de Leiria, 1993 , 229-230
- (LEIRIA) LEIRIA

Era uma vez… fazia o Senhor Rei D. Dinis e sua Santa Mulher, a Rainha Isabel, uma mais demorada pousada em Leiria, talvez para descansar dos muitos que é ligado fazeres ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1568
A Moura de Salir

OLIVEIRA, Francisco Xavier d'Ataíde, As Mouras Encantadas e os Encantamentos do Algarve, Loulé, Notícias de Loulé, 1996 [1898] , 107-109
Salir (LOULÉ) FARO

 O governador do castelo de Salir tinha uma filha, que era o seu enlevo. Não havia nos arredores mulher mais gentil. No seu olhar percebia-se a inocência dos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 1490
Ancora

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , tomo I, p. 209-210
Âncora (CAMINHA) VIANA DO CASTELO

É tradição muito antiga e referida por varios historiadores e a traz tambem o conde D. Pedro no seu Nobiliario (impresso em 1622), que a este rio se deu o ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 377
A princesa zara

CABRAL, João, Anais do Município de Leiria, Vol. III, Leiria, Câmara Municipal de Leiria, 1993 , 224
Leiria (LEIRIA) LEIRIA

Era uma vez… nos tempos já muito distantes do Rei Afonso, que do Norte vinha para o Sul conquistando terras e mais terras que estavam na posse da moirama, chegou ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1519
Cárquere

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , tomo II, p. 116-117
Cárquere (RESENDE) VISEU

É tradição que Nossa Senhora appareceu em sonhos a D. Egas Moniz, mandando-lhe que fosse a Cárquere e fizesse cavar no logar que lhe indicou, e que alli acharia ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 3046
Casal do Abade (versão A)

CAETANO, Amélia, "Lendário Mafrense" in Boletim Cultural '93, Mafra, Câmara Municipal de Mafra, 1994 , 256
- (MAFRA) LISBOA

Na segunda Tapada, sobre uma colina, vêem-se ainda hoje as paredes arruinadas de um antigo prédio. É o Casal do Abade. Porque se chama assim, não sei, nem ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 3047
Casal do Abade (versão B)

CAETANO, Amélia, "Lendário Mafrense" in Boletim Cultural '93, Mafra, Câmara Municipal de Mafra, 1994 , 257-260
- (MAFRA) LISBOA

A estrada privativa que sai da Porta do Jardim do Cerco e se dirige para o fresco, ensombrado e calmo Salabredo corta em determinada altura o muro que é a divis ...

[Unsure / Uncommitted] [Citação]

APL 1525
Celorico da Beira

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , tomo II, p. 234
- (CELORICO DA BEIRA) GUARDA

Em 1245, era alcaide-mór de Celorico, D. Fernando Rodrigues Pacheco, por D. Sancho II. Sendo este rei deposto, e nomeado governador do reino seu irmão, o conde de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 177
D. Manuel em Oeiras

MIRANDA, Jorge, Viagem pelas Lendas do Concelho de Oeiras, Oeiras, Câmara Municipal de Oeiras, 1998 , 14
Paço De Arcos (OEIRAS) LISBOA

Se o rei D. Manuel, segundo a lendária tradição, deslocar-se-ia a Paço de Arcos, também Oeiras “teria” de registar a sua presença. Assim, a pequena ...

[Convinced Belief] [Registo escrito Científico]

APL 180
D. Manuel em Paço de Arcos

MIRANDA, Jorge, Viagem pelas Lendas do Concelho de Oeiras, Oeiras, Câmara Municipal de Oeiras, 1998 , 20
Paço De Arcos (OEIRAS) LISBOA

A mata envolvente, onde a caça abundava, e a localização sobranceira ao Tejo donde se desfrutava larga panorâmica, seriam os aliciantes que atraíam o rei D ...

[Convinced Belief] [Registo escrito Científico]

APL 2739
Évora

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo III, p. 109
- (ÉVORA) ÉVORA

Apesar de ser muito conhecida a sentença aqui proferida por D. Pedro I, julgo dever registal-a..
Havia n’aquelle tempo na Sé d’Evora um conego chamado D. Henrique ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 2693
Évora

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo III, p. 104-106
- (ÉVORA) ÉVORA

Depois da gloriosa Victoria do Salado (30 de outubro de 1340) ganhada pelo nosso rei D. Affonso IV e seu filho, D. Pedro, depois I, e seu genro, D. Affonso ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 901
Freixo de espada à cinta

FERREIRA, Joaquim Alves, Lendas e Contos Infantis , Vila Real, Edição do Autor, 1999 , 18-20
Freixo De Espada À Cinta (FREIXO DE ESPADA À CINTA) BRAGANÇA

O filho de D. Dinis, o príncipe D. Afonso, mais tarde, D. Afonso IV, sétimo rei de Portugal, movido de ciúmes pela amizade que o pai dedicava ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2751
Guimarães

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo III, pp. 354-355
- (GUIMARÃES) BRAGA

Não se póde hoje dizer com certeza quaes foram os motivos, que levaram D. Afonso VII, de Leão (sobrinho de D. Thereza) a mover guerra a seu ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 2600
História da Corte António Martins

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO) FARO

Isto dizem que, eu conheci ainda além pedras e ainda há gente ai que conheceu mesmo parentes (…) e às tantas apareceu alguém ali, a viver ali. Naquela zona ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 857
Inês Negra

CAMPELO, Álvaro, Lendas do Vale do Minho, Valença, Associação de Municípios do Vale do Minho, 2002 , 59-61
- (MELGAÇO) VIANA DO CASTELO

Acabados os ecos da retumbante batalha de Aljubarrota, urgia consolidar a independência da Portugal, reconquistando terras e praças fortes ainda na posse dos castelhanos, que recusavam a autoridade ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3053
Lenda da A-Da-Perra

CAETANO, Amélia, "Lendário Mafrense" in Boletim Cultural '93, Mafra, Câmara Municipal de Mafra, 1994 , 267
- (MAFRA) LISBOA

No tempo de D. João V, vivia na Tapada de Mafra uma velha senhora. O rei um dia disse-lhe que queria que ela saísse dali. Em troca dava-lhe ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]


Results 1 thru 25
Page 1 of 3       1 | 2 | 3 >