Heróis e Heroínas

Results 1 thru 25
Page 1 of 4       1 | 2 | 3 | 4 >

APL 1478
Aguiar da Beira

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , tomo I, p. 38-39
Aguiar Da Beira (AGUIAR DA BEIRA) GUARDA

Ao pé da capella de Nossa Senhora do Castello estão as ruinas de um castello romano, de cantaria. Tambem perto d’esta capella existiu a egreja de S. Pedro ...

[Some Belief] [Registo escrito Científico]

APL 2445
A lenda de Dom Fuas Roupinho

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (NAZARÉ) LEIRIA

Dom Fuas Roupinho era alcaide do castelo de Porto de Mós e como desde Porto de Mós, embora seja bastante longe, até à costa era quase tudo ermos e ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1568
A Moura de Salir

OLIVEIRA, Francisco Xavier d'Ataíde, As Mouras Encantadas e os Encantamentos do Algarve, Loulé, Notícias de Loulé, 1996 [1898] , 107-109
Salir (LOULÉ) FARO

 O governador do castelo de Salir tinha uma filha, que era o seu enlevo. Não havia nos arredores mulher mais gentil. No seu olhar percebia-se a inocência dos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 2681
A Princesa Saluquia de Moura

AA. VV., -, Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas), Faro, n/a,
- (MOURA) BEJA

É sobre uma princesa que governava chamada Saluquia, era filha de Abu Assam. E ela apaixonou-se pelo alcaide de Arouche.
Na véspera do casamento, pois, havia uma grande festa. Como ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 1937
[Deladeu]

AZEVEDO, Ana, A Literatura Oral na Comunidade Emigrante Portuguesa em Montreal, Faro, Universidade do Algarve, 2002 , # 179
- (MONÇÃO) VIANA DO CASTELO

É lá em cima em Monção. Fizeram o cerco ao castelo da  ocupação (dos espanhóis).
Acontece então que fizeram o cerco e eles à fome, ou ficavam à fome ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2244
Deuladeu Martins

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 683-684
Monção (MONÇÃO) VIANA DO CASTELO

Durante as guerras de D. Fernando I de Portugal com Henrique II de Castela, veio Pedro Rodrigues Sarmento, adiantado de Galiza, pôr cerco à vila de Monção.
 Foi ent ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2689
Elvas

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo III, p. 17
- (ELVAS) PORTALEGRE

Elvas tem por armas um homem a cavalo, armado com uma lança na mão direita da qual pende uma bandeira com as quinas de Portugal, e em roda ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 2692
Évora

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo III, p. 90-91
- (ÉVORA) ÉVORA

Giraldo Giraldes descendia de uma nobre familia, de appellido Pestana, e era natural da Beira.
Parece que era da villa de Ferreiros de Tendaes, ou suas immediações. (Vide Ferreiros ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 2751
Guimarães

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo III, pp. 354-355
- (GUIMARÃES) BRAGA

Não se póde hoje dizer com certeza quaes foram os motivos, que levaram D. Afonso VII, de Leão (sobrinho de D. Thereza) a mover guerra a seu ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Científico]

APL 857
Inês Negra

CAMPELO, Álvaro, Lendas do Vale do Minho, Valença, Associação de Municípios do Vale do Minho, 2002 , 59-61
- (MELGAÇO) VIANA DO CASTELO

Acabados os ecos da retumbante batalha de Aljubarrota, urgia consolidar a independência da Portugal, reconquistando terras e praças fortes ainda na posse dos castelhanos, que recusavam a autoridade ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2246
Inês Negra

VASCONCELLOS, J. Leite de, Contos Populares e Lendas II, Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , 687-688
- (MELGAÇO) VIANA DO CASTELO

Os Castelhanos tinham-nos tomado a maior parte das povoações fortificadas do Alto Minho; porém, o valor dos Portugueses os tinha feito capitular a quase todos e só Melga ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 1208
João Serrão de Morais

MARTINS, Pe. Firmino, Folklore do Concelho de Vinhais. Vol. 1, s/l, Câmara Municipal de Vinhais, 1987 [1928] , 279-283
- (VINHAIS) BRAGANÇA

Pinho Leal refere-se à lenda de João Serrão; nós vamo-la descrever servindo-nos das informações do velho Marques (Gentil Marques; Lendas de Portugal 2, pp. 181-186):

 «João ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2808
Lamego

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , Tomo IV, pp. 37-38
- (LAMEGO) VISEU

Pelos annos 1062, era rei de Lamego um mouro chamado Al-Boazan. Tinha uma filha, chamada Ardinga ou Ardínia, que se enamorou do cavalleiro christão, D. Thedon Ramirez (vide ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2703
Lenda da Batalha da Cobra

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume I, pp. 87-93
- (COIMBRA) COIMBRA

Naquele tempo — há muito tempo... — o filho de um rei egípcio saiu do seu país e veio aportar a terras da antiga Lusitânia.
Encontrou vasto campo dispon ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2824
Lenda da Bela Salúquia

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 115-120
- (MOURA) BEJA

Pois no velho Alentejo dos tempos da moirama, segundo nos conta a tradição, vivia uma formosíssima moura chamada Salúquia, filha do grande e poderoso Abu-Assan, governador de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2787
Lenda da Bezerra de Monsanto

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume II, pp. 219-225
Monsanto (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO

Nesses tempos que se perdem nos longes da memória, era assim mesmo: o somatório dos anos não cansava os homens que se entregavam abnegadamente à defesa dos seus ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2769
Lenda da Bilha de São Jorge

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume II, pp. 27-31
Aljubarrota (São Vicente) (ALCOBAÇA) LEIRIA

Foi nos primeiros dias de Agosto de 1385. O Sol dardejava o seu sopro de fogo sobre as terras de Portugal e Espanha. Corpos aquecidos e espíritos ardendo em ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2829
Lenda da Conversão dos Mouros de Trancoso

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume III, pp. 161-164
- (TRANCOSO) GUARDA

Há lendas tão ligadas à nossa História, que dificilmente conseguimos saber onde acaba essa mesma História e começa a Lenda. É o caso, por exemplo, da lenda da ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3043
Lenda da Donzela Soldado

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume V, pp. 339-344
Garvão (OURIQUE) BEJA

Conta o povo, nas suas histórias amassadas com verdade e fantasia, que em Garvão, no distrito de Beja, existiu em tempos um castelo habitado por um nobre chamado ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2794
Lenda da Epopeia de Liconimargi

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume II, pp. 303-308
- (LAMEGO) VISEU

Há tanto, tanto tempo, que a memória já não consegue alcançar, perto da actual cidade de Lamego existia uma grande cidade, povoada de gente estranha e invulgar ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3002
Lenda da Galanteria de D. Rodrigo

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume V, pp. 35-38
- (LOULÉ) FARO

Esta lenda é de origem algarvia. Nasceu nos arredores de Loulé, quase junto à vila, num terreno outrora despovoado que hoje se chama Cabeço do Mestre.
Nesse tempo reinava em Portugal ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2773
Lenda da Grande Sertã

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume II, pp. 69-75
- (SERTÃ) CASTELO BRANCO

As lendas são como os bons vinhos: quanto mais velhos, mais saborosos. Assim é o caso da lenda da vila da Sertã, que remonta ao ano 74 antes de Cristo ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2791
Lenda da Guarda

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume II, pp. 265-271
- (GUARDA) GUARDA

Os cavalos batiam impacientes a terra molhada. Tinha chovido inesperada e copiosamente. No alto da serra, os albornozes dos sarracenos formavam uma mancha branca e movediça nesse raiar de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2798
Lenda da Heroína do Porto Judeu

MARQUES, Gentil, Lendas de Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962] , Volume II, pp. 347-352
Porto Judeu (ANGRA DO HEROÍSMO) ILHA TERCEIRA (AÇORES)

Dia 25 de Julho de 1581. O mar azul e calmo olha com brandura a ilha Terceira do Arquipélago dos Açores. Vê-a menina bonita, mirando-se no espelho ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 1267
Lenda da Ladeira da Velha

FURTADO-BRUM, Ângela, Açores: Lendas e outras histórias, Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , 91-92
Porto Formoso (RIBEIRA GRANDE) ILHA DE SÃO MIGUEL (AÇORES)

Entre a freguesia do Porto Formoso e a Ponta de Santa Iria existe um arrebentão ao fundo do qual se abre uma enseada, onde em mil oitocentos e trinta ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]


Results 1 thru 25
Page 1 of 4       1 | 2 | 3 | 4 >